Por Renato Bastos

3 DE SETEMBRO 2020

 

 

 

Jorge Meireles (duas corridas) e Rui Almeida (uma corrida) foram os expectáveis vencedores da jornada do KIVI

Ausencia de Hugo Carvalhido abre leque de candidatos ao título

Pleno verão, típico mês de férias … mas a LPT não parou neste Agosto. No regresso a Viana do Castelo, desta feita ao KIVI, voltamos a apresentar um pelotão bem composto, constituído por 20 pilotos, 4 dos quais estreantes no nosso campeonato.

Aproveitando a ausência do campeão (Gustavo Gonçalves) e do vice-campeão (Hugo Carvalhido) da edição 2019, antevia-se uma reaproximação à liderança do campeonato por parte de Rui Almeida e Jorge Meireles. Tal veio a verificar-se.

Logo na 1º manga (AB), Jorge Meireles, saindo da pole, arrecadou os 25 pontos da vitória. Pedro Gomes, com uma corrida muito constante, terminou em 2º, carimbando uma das surpresas da manhã. Renato Bastos fechou o pódio, o seu primeiro da época, mesmo depois de ter tido um infortúnio à 4ª volta onde, em plena reta da meta, não se conseguiu desviar de um bico “perdido” em pista, fazendo com que perdesse o seu e provocando a consequente paragem para colocação de novo. Rui Almeida, com um problema mecânico a meio da corrida num momento onde disputava a liderança, ainda regressou à ação em novo kart, terminando em 10º lugar.

Poucos minutos volvidos, Meireles repetiu a receita na 2ª manga (BC). Desta feita saindo de 2º lugar, atrás de Manuel Fonseca, Meireles cruzou a bandeira de xadrez em primeiro, ao cabo de 17 voltas. Camilo Silva, mesmo depois de um acidente “feio” na qualificação, marcou o seu melhor desempenho da época, fechando em 2º, à frente de Renato Bastos.

Embalado pelo desempenho da manga anterior, Camilo voltou a estar em destaque na manga AC (repetiu 2º lugar), superado por um imparável Rui Almeida, que, para além da vitória, marcou também o melhor tempo de qualificação (35.52s) e a VMR desta ronda (35.50s). Em 3º lugar, uma estreia nas lides de pódio, Fábio Pinto, iniciado na LPT no presente ano.

Com 50 pts no bolso, Meireles saiu do KIVI em plena disputa pelo campeonato (86 pts). Camilo Silva (40 pts) vinca posição para lugar elegível para a TIT e Rui Almeida (36 pts) aproxima-se da liderança individual de Hugo Carvalhido (97 vs 102, respetivamente). Por equipas, relançamento total do título: com os 0 pts de Gustavo/Carvalhido nesta ronda, os 86pts de Almeida/Meireles colocam a diferença pontual na geral em 8 pts (191 vs 183, respetivamente).

Desportivamente animada como qualquer visita ao KIVI, esta ronda teve vários pontos negativos a ter em consideração: do deficitário estado da frota, com manifesta falta de manutenção, à ausência de staff do kartódromo para desempenhar todas as funções necessárias (foram vários os pilotos a apoiar os procedimentos de partida, a amostragem de bandeiras em corrida, e também na preparação dos dados/resultados no computador), associado a algum “excesso de confiança” na condução de uns karts que exigem mais cabeça … a avaliação desta ronda não poderá ser positiva.

A 20 de setembro disputaremos a nossa 5ª ronda da LPT’2020 no Kartódromo de Baltar.

Renato Bastos

 

                                                                 Jorge Meireles esteve imparável vencendo as duas mangas do seu programa

 

Apesar de uma vitória, Rui Almeida não teve particularmente "estrelinha" no regresso nao KIVI, já que uma avaria mecanica lhe roubou um pódio certo

 

Esta é a classificação do campeonato de equipas

 

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES