por Rui Almeida

 9 DE DEZEMBRO 2017

 

A foto de "família" da festa dos 20 anos de vida dos ASES e UM Karting

BINDRAI LEVOU O BOLO DE ANIVERSÁRIO

20 ANOS de ASES

 

 

Equipa

Voltas

Dif.

Best

1

BinDrai Karting Team

121

 

1:20,980

2

PRT - Portugal Racing Team

121

6,58

1:21,080

3

Ases Endurance

121

10,55

1:21,338

4

PS&A

121

23,95

1:21,324

5

Kart Center Matosinhos

119

2 Laps

1:21,390

6

Kivikart

119

2 Laps

1:21,728

7

JFO Vipers

118

3 Laps

1:22,575

8

Liga Pistão

117

4 Laps

1:21,554

9

UM Karting

117

4 Laps

1:22,151

10

AVPN R.T.

117

4 Laps

1:23,114

11

Soarespack Motorsport

117

4 Laps

1:22,604

12

ASES Gold

116

5 Laps

1:22,915

13

BMK

115

6 Laps

1:22,255

14

McKarting

115

6 Laps

1:22,599

Os ASES não poderiam desejar melhor dia do que aquele que viveram no passado dia 1 de Dezembro.

Um dia solarengo, embora muito frio, a presença de antigos campeões e não campeões, a presença da nata actual do kart amador, de equipas representativas de outros troféus organizadores e depois, a cereja em cima do bolo… uma corrida disputadíssima, com o vencedor a adivinhar-se a somente 10 minutos da bandeirada de xadrez.

O dia foi de facto muito bom, com o programa a decorrer tranquilamente e com todos os pontos da agenda a sucederem-se com naturalidade e fluidez.

Foi bonito ver pilotos que abandonaram as lides ou que estão muito menos activos agora, a irem buscar as luvas e capacete ao baú e virem ao KIVI comemorar um aniversário de um troféu que algures no tempo lhes tocou.

Havia de tudo, desde as equipas que vieram à Festa, as que vieram à descoberta e equipas formadas com o propósito de disputar a vitória.

Destas, de destacar a presença da poderosíssima Bindrai, a PRT - líder do ranking nacional da SODI, a PS&A, o Kart Center de Matosinhos e claro está, a equipa de endurance dos Ases - a ASES Endurance.

A corrida tinha um aliciante novo – a troca de kart a quando da troca de piloto.

 

Momento da partida com a BINDRAI a arrancar na frente, seguida da PS&A e a PRT

 

Era algo que os Ases como organizadores deste tipo de eventos nunca tinham explorado e por isso mesmo, esta nova variável foi estudada exaustivamente e experimentada localmente.

Ainda assim, agora à posteriori como balanço final podemos dizer que o resultado foi francamente positivo em vários aspectos. A rotatividade dos karts minimizou uma certa desigualdade existente entre alguns karts e o sistema, apesar de alguma inercia inicial, de o próprio transponder estar num sítio pouco prático, acabou por ser simples para todos.

Claro que houve coisas que não se conseguiram prever e por isso mesmo a primeira hora foi bastante stressante, mas depois de corrigida a situação que provocava tanto alarido, a prova decorreu com naturalidade e em velocidade de cruzeiro.

Tudo situações que foram registadas e serão revistas para futuras provas.

Desportivamente a corrida foi muito disputada.

Na partida a BinDrai e a PRT saíram na frente e desde o início colaboraram muito bem no que toca às mudanças de turno. A PS&A e o Kart Center de Matosinhos (KCM) seguiram-nos de perto, enquanto que a ASES Endurance tentava a todo o custo recuperar de uns treinos pouco positivos.

As primeiras trocas de turno foram um bocado anárquicas, com alguma confusão na passagem pela zona de espera.

Ao fim de 45 minutos chegamos ao turno de reabastecimento para todas as equipas.

Foi neste turno que as coisas normalizaram. Os reabastecimentos correram exactamente como tinham sido estudados e a organização identificou e corrigiu a confusão que estava a decorrer na zona de espera.

Com uma hora de prova, o KCM assumiu a liderança, a PS&A estava em segundo, enquanto a Bindrai, devido a um turno menos positivo, se atrasou um pouco, rodando a cerca de um minuto da liderança no quinto lugar.

Tudo estava em aberto.

Os cinco primeiros rodavam na mesma volta e o top 3, muito perto uns dos outros.

Mais atrás, era a equipa da casa – KIVIKART que liderava o grupo de perseguidores, isto depois da Liga Pistão ter tido um problema com o acelerador que a fez sair da luta e perder um pouco de tempo.

Mais atrás, era a JFO Vipers e UM Karting que discutiam arduamente pelo sétimo lugar.

A uma hora do final a luta mantinha-se acesa. A Bindrai mantinha o quinto lugar, mas estava bem mais perto.

O KCM estava isolado na frente com 20 segundos de avanço sobre um trio, composto pelos ASES Endurance, PRT e PS&A.

É neste momento que o KCM faz asneira ao não cumprir os obrigatórios dois minutos e trinta na volta de troca.

Penaliza mais de um minuto e cai para o quinto lugar, ficando fora da luta pela vitória.

A luta é agora a quatro, com os ASES no comando e a PS&A já no quarto lugar e a perder um pouco de andamento.

A 10 minutos do fim a ASES continua na frente, mas parece evidente que a Bindrai está mais forte. Esta acaba por ultrapassar a PRT e a ASES Endurance, vencendo com mérito.

A PRT também consegue ultrapassar a ASES Endurance e finaliza em segundo.

Já a uma volta e em quinto lugar termina o KCM e na mesma volta o KIVIKART.

Foi um final excelente de uma prova que correu muito bem e onde os dois principais grupos do Norte tiveram de facto uma grande festa.

Esperemos que daqui a 20 anos, haja nova festa!

O pódio final com os dois organizadores aniversariantes!

 

 

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES