por Rui Almeida

21 DE JULHO 2016

 

MUITO CONVÍVIO

MUITA SATISFAÇÃO DE TODOS

GRANDE CORRIDA

VITÓRIA DA MAMASAKI

 

Momento da largada com a MAMASAKI (8) a tomar a dianteira frente à PS&A (9)

 

A festa dos ASES voltou a ser festa!

O apelo de um kart com uma condução mais cativante (o Yamaha de 30cv) estava a sair furada, já que a maior exigência física e a necessidade de alguma habituação estava a afugentar os kartistas que habitualmente não participavam no troféu dos ASES.

Para 2016 e aproveitando a introdução de uma boa frota de karts SODI, os ASES apontaram agulhas para nessa direcção e passamos de uma corrida insossa de uma hora, para uma corrida com muitos karts e… 3 horas!

Ainda não foi a adesão que gostaríamos para preencher um traçado que se faz em mais de um minuto e vinte, mas como diz o povo, grão a grão… havemos de lá chegar.

14 Equipas preencheram a grelha e admitindo que haviam equipas com objectivos distintos, ainda assim, a competitividade foi muito boa.

A MAMASAKI composta por quatro grandes pilotos que venceram recentemente as 24 horas da Batalha, foi a brilhante e justa vencedora.

Para muitos dos presentes que não conheciam os pilotos que a compunham, foi uma verdadeira surpresa que pudesse haver tamanha qualidade de andamento.

Para além da enorme rapidez e consistência, a sua técnica de troca de pilotos deixou muitos de boca aberta.

A equipa da casa deu a luta possível, mas a determinada altura não lhes restou alternativa do que segurar o segundo lugar.

No início houve disputa taco a taco e inclusivamente a KIVIKART 01 chegou ao fim do primeiro turno em primeiro lugar, mas a maior rapidez da equipa de Lisboa nas trocas, mostrou à KIVIKART 01 que se queria lutar pela vitória, teria que fazer muito melhor nesse aspecto.

Como isso nunca aconteceu e com um andamento de certa forma equilibrado, a diferença foi crescendo naturalmente ao longo da prova.

Para não ajudar à festa, o kart da KIVIKART 01 tinha um pneu com defeito que se foi agravando ao longo do tempo, tornando a sua condução um sacrifício para os três pilotos e deixando as costas dos seus pilotos bem mal tratadas no final da prova.

Com isso, a preocupação da equipa deixou de ser lutar pela vitória e sim, segurar o segundo lugar que chegou a estar na posse da bem conhecida PS&A.

Esta fez uma boa prova, muito segura e regular, mas algumas das trocas de piloto foram ainda mais lentas para poder pensar noutros objectivos.

A luta pelo quarto lugar esteve bem mais acesa.

O Kart Center de Matosinhos ainda deu um ar da sua graça, chegando a lutar pela liderança nos dois turnos iniciais, mostraram bom andamento, inclusivamente obtiveram a melhor volta da corrida, mas foram-se de certa forma apagando ao longo da corrida deixando o quarto lugar nas mãos da No Name Team, uma equipa composta por pilotos titulares do troféu dos ASES.

Estes foram ligeiramente mais lentos, mas muito mais constantes no andamento e nas trocas, atingindo o quarto lugar já perto do final.

Quinto lugar então para o KCM, sexto lugar para a The Last também composta por “ASES”, dois deles a regressar e recordar o que é conduzir um kart.

Ainda na mesma volta, a primeira equipa espanhola – Aplasta Caracoles inscrita por um piloto espanhol que este ano resolveu internacionalizar o nosso troféu sprint.

Aliás, estiveram presentes duas equipas espanholas que mostraram enorme satisfação pela existência deste tipo de provas, pouco comum pelo menos aqui no norte de Espanha.

A 10 de Dezembro teremos o FIM DE FESTA, ou seja a reedição desta prova, mas no final da época.

Esperemos que nessa altura a adesão seja ainda maior, pois todos os presentes gostaram de tudo: Dos karts, do traçado e da estrutura da prova.

Pela nossa parte, vamos limar algumas arestas e tentar ainda fazer melhor!

Até lá, fiquem bem.

Boas férias e até Setembro

 

O pelotão que se manteve até ao fim!

 

TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Equipa Tempo Dif. Pos. Kart Equipa Laps Dif. Best Pos. Kart Equipa Best Dif.
1 08 MAMAZAKI 1:23,174 0,000 1 08 MAMAZAKI 129 00,00 1:21,997 1 07 Kart Center Matosinhos 1:21,740 0,000
2 09 PS&A 1:23,272 0,098 2 10 KIVIKART 01 129 +40s 1:22,042 2 11 TECNOPHONE 1:21,934 0,194
3 10 KIVIKART 01 1:23,321 0,147 3 09 PS&A 129 +54s 1:22,273 3 08 MAMAZAKI 1:21,997 0,257
4 07 Kart Center Matosinhos 1:23,453 0,279 4 12 No Name Team 128 1 Volta 1:22,599 4 10 KIVIKART 01 1:22,042 0,302
5 14 Chiptune Marcioteck/JFO 1:23,480 0,306 5 07 Kart Center Matosinhos 128 1 Volta 1:21,740 5 09 PS&A 1:22,273 0,533
6 11 TECNOPHONE 1:23,595 0,421 6 05 The Last 128 1 Volta 1:22,420 6 05 The Last 1:22,420 0,680
7 12 No Name Team 1:23,922 0,748 7 06 Aplasta Caracoles 128 1 Volta 1:22,452 7 06 Aplasta Caracoles 1:22,452 0,712
8 05 The Last 1:24,082 0,908 8 11 TECNOPHONE 128 1 Volta 1:21,934 8 14 Chiptune Marcioteck/JFO 1:22,588 0,848
9 06 Aplasta Caracoles 1:24,089 0,915 9 14 Chiptune Marcioteck/JFO 127 2 Voltas 1:22,588 9 12 No Name Team 1:22,599 0,859
10 02 J.Morais Racing Team 1:24,318 1,144 10 17 VIPERS 125 4 Voltas 1:24,216 10 19 No Turbo, No party 1:23,018 1,278
11 17 VIPERS 1:25,436 2,262 11 02 J.Morais Racing Team 125 4 Voltas 1:23,383 11 16 BOX64 MSport 1:23,293 1,553
12 15 No Turbo, No party 1:26,205 3,031 12 19 No Turbo, No party 125 4 Voltas 1:23,018 12 02 J.Morais Racing Team 1:23,383 1,643
13 13 Grupo Desp. BPI 1:26,416 3,242 13 16 BOX64 MSport 124 5 Voltas 1:23,293 13 17 VIPERS 1:24,216 2,476
14 03 BOX64 MSport 1:27,101 3,927 14 01 Grupo Desp. BPI 123 6 Voltas 1:24,644 14 01 Grupo Desp. BPI 1:24,644 2,904

 

A PS&A teve alguns problemas físicos que condicionou a sua prova

 

A KIVIKART01 sofreu com um pneu defeituoso que maltratou as costas de todos os seus pilotos>

 

MAMASAKI mostrou toda a sua experiência e dominou praticamente toda prova

 

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES