por Rui Almeida

 

20 de MAIO 2014

Os números frios das

ESTATÍSTICAS

 

 

Nesta 3ª prova de 2014 resolvemos olhar para os resultados e fazer uma análise ou interpretação do seu significado.

Vale o que vale, é sempre subjectiva, mas gostamos de olhar e se nos favorecerem... tanto melhor!

Comecemos por introduzir um parâmetro que tem sempre valor - o peso!

Todos sabemos que o peso tem forte influencia e a primeira conclusão a tirar é a de que o grupo no global é muito pesado, pois a média é de praticamente 80kg!

E todos fazem questão de não emagrecer, pois esta média tem-se mantido uniforme desde o início do ano.

Daí, podermos concluir que a instituição de um peso mínimo de 77kg não está desajustada face à realidade.

O António Rosa acusou 59kg, foi o mais leve e o Nelson Pereira - 100kg, o mais pesado.

De notar o esforço que o António Costa fez no sentido de perder peso, ele que é dos mais pesados do grupo e salientar os resultados que obtém apesar disso!

Aqui o escriva também tem vindo a perder peso desde a primeira prova, Luís Vaz também, enquanto outros tem vindo a ganhar - o caso de Tiago Pina, Pedro Oliveira e Aires Azevedo.

  Piloto P1 P2 P3 Média
1 Aires Azevedo 76,0 76,5 78,0 76,8
2 António Costa 99,0 99,0 93,0 97,0
3 António Novo 74,0 75,5 73,5 74,3
4 António Rosa     59,0 59,0
5 Gustavo Gonçalves 85,0 84,5 87,0 85,5
6 João Moreira 82,0 82,0 80,5 81,5
7 Jorge Meireles 81,0 80,0 81,0 80,7
8 Luís Fernandes 77,5 78,0 78,0 77,8
9 Luís Vaz 77,0 78,0 74,8 76,6
10 Manuel Fonseca   74,6 74,5 74,6
11 Marco Ivan 75,6 76,1 75,3 75,7
12 Nelson Pereira   99,9 99,9 99,9
13 Nuno Gonçalves 89,5 88,3 88,3 88,7
14 Pedro Cunha 87,0 87,5 88,5 87,7
15 Pedro Nunes 72,0 73,0 71,7 72,2
16 Pedro Oliveira 75,0 77,0 78,0 76,7
17 Renato Bastos 69,0 70,7 71,2 70,3
18 Ricardo Passos   79,5 77,5 78,5
19 Rui Almeida 83,0 80,5 79,5 81,0
20 Rui Trindade 87,0   89,5 88,3
21 Ruky Iceman     67,0 67,0
22 Tiago Pina 67,0 68,0 69,8 68,3

 

Passando aos resultados:

A primeira conclusão obvia é a de que o Campeão em título e líder do campeonato - Luís Fernandes é o mais rápido e consistente.

Nem é necessário comparar karts ou tempos, basta analisar os resultados ao longo das 3 provas até agora realizadas.

Seja qual for o kart que lhe caia nas mãos, Fernandes é muito rápido e o mais rápido quase sempre.

Esta conclusão também abona em favor da frota, pois não é necessário um determinado kart para obter um tempo.

Claro que todos sabemos que não há karts iguais e se uns saem mais de traseira e outros de frente, uns têm o travão mais duro ou mais esponjoso, o motor de uns tem mais baixas e outros mais ponta, há pilotos que gostam ou se adaptam melhor a umas características do que a outras - no entanto, o Luís adapta-se a qualquer um...

O quadro abaixo tem a volta mais rápida de cada piloto, o nº do kart em que a obteve e a sessão - treinos (T) ou corrida(C), sendo que (num exemplo) T2 significa treinos da 2ªmanga.

Os primeiros são quem tem dominado a época, mas mais importante, as diferenças não são relevantes.

 

Pos. Kart Piloto Peso Tempo Dif. Peso Sessão
1 17 Luís Fernandes 78,0 42,111 0,000 78,0 T2
2 13 Iceman 78,0 42,248 0,137 78,0 T2
3 06 João Moreira 80,5 42,291 0,180 80,5 C3
4 14 Luis Vaz 77,8 42,298 0,187 77,8 C1
5 06 Rui Almeida 79,5 42,336 0,225 79,5 C2
6 13 Ricardo Passos 77,5 42,457 0,346 77,5 C1
7 13 Marco Ivan 77,4 42,460 0,349 77,3 C3
8 17 Manuel Fonseca 77,5 42,597 0,486 77,5 C3
9 16 Aires Azevedo 78,0 42,628 0,517 78,0 C2
10 03 Pedro Oliveira 78,0 42,642 0,531 78,0 T3
11 03 Pedro Cunha 88,5 42,698 0,587 88,5 C2
12 01 António Costa 93,0 42,745 0,634 93,0 C1
13 02 Jorge Meireles 81,0 42,943 0,832 81,0 C1
14 01 Nuno Gonçalves 88,3 42,968 0,857 88,3 C2
15 15 Pedro Nunes 77,7 42,970 0,859 77,7 C2
16 08 Gustavo Gonçalves 87,0 43,014 0,903 87,0 C3
17 09 Tiago Pina 78,8 43,034 0,923 77,8 C2
18 10 António Novo 77,5 43,108 0,997 77,5 C2
19 09 Rui Trindade 89,5 43,260 1,149 89,5 C1
20 12 António Rosa 77,8 43,357 1,246 78,0 C2
21 16 Renato Bastos 77,2 43,376 1,265 77,2 C3
22 05 Nelson Pereira 101,0 44,860 2,749 100,0 T3

 

 

Piloto Tempo Kart Sessão
Aires Azevedo 42,628 16 C2
Aires Azevedo 43,023 12 C1
António Costa 42,745 01 C1
António Costa 42,971 14 T2
António Novo 43,108 10 C2
António Novo 43,127 07 C1
António Rosa 43,357 12 C2
António Rosa 43,417 16 C1
Gustavo Gonçalves 43,014 08 C3
Gustavo Gonçalves 43,031 03 C1
Iceman 42,248 13 T2
Iceman 42,338 06 C1
João Moreira 42,291 06 C3
João Moreira 43,360 04 T1
Jorge Meireles 42,943 02 C1
Jorge Meireles 43,001 15 T3
Luís Fernandes 42,111 17 T2
Luís Fernandes 42,260 07 C3
Luis Vaz 42,298 14 C1
Luís Vaz 42,367 09 C3
Manuel Fonseca 42,597 17 C3
Manuel Fonseca 43,274 05 C1
Marco Ivan 42,460 13 C3
Marco Ivan 42,971 05 C2
Nelson Pereira 44,860 05 T3
Nelson Pereira 44,908 02 C2
Nuno Gonçalves 42,968 01 C2
Nuno Gonçalves 43,400 10 T3
Pedro Cunha 42,698 03 C2
Pedro Cunha 42,987 12 C3
Pedro Nunes 42,970 15 C2
Pedro Nunes 43,321 08 C1
Pedro Oliveira 42,642 03 T3
Pedro Oliveira 43,389 11 C1
Renato Bastos 43,376 16 C3
Renato Bastos 44,605 10 C1
Ricardo Passos 42,457 13 C1
Ricardo Passos 43,357 11 T2
Rui Almeida 42,336 06 C2
Rui Almeida 42,505 02 C3
Rui Trindade 43,260 09 C1
Rui Trindade 44,380 08 T2
Tiago Pina 43,034 09 C2
Tiago Pina 43,200 11 T3

 

 Passemos agora à análise do quadro da esquerda que mostra a performance de cada piloto.

Este quadro é talvez o mais importante porque demonstra que apesar de trocarem de karts, apesar de gostarem mais do kart A do que do B, de uma maneira geral, o andamento não variou muito entre karts.

O António Novo, o Rosa, o Iceman, enfim, a esmagadora maioria andou praticamente no mesmo décimo apesar de trocar de kart. O Gustavo Gonçalves andou no mesmo centésimo com karts diferentes!

Claro que há as excepções.

Recordo-me de um caso em particular - João Moreira, onde de facto o kart nº 4 tinha um menor rendimento e por isso mesmo acabou excluído. Daí a diferença de andamento superior a 1 segundo entre o kart 4 e o 6.

 

Quanto ao quadro da direita, mostra o desempenho do kart em função de quem o conduziu.

Algumas partilhas serão interessantes de analisar.

O caso do kart 6 partilhado por João Moreira, Rui Almeida e Ruky Iceman.

Apesar de um andamento semelhante entre os 3, João Moreira foi o mais rápido.

Curiosamente, o mais lento dos três - Ruky Iceman foi o único que venceu com ele, enquanto que o mais rápido nem venceu nenhuma corrida!

Outros "embates interessantes são os do kart 3, 11, 12, 13 e 15.

Kart Piloto Tempo Sessão
01 António Costa 42,745 C1
01 Nuno Gonçalves 42,968 C2
02 Rui Almeida 42,505 C3
02 Jorge Meireles 42,943 C1
02 Nelson Pereira 44,908 C2
03 Pedro Oliveira 42,642 T3
03 Pedro Cunha 42,698 C2
03 Gustavo Gonçalves 43,031 C1
04 João Moreira 43,360 T1
05 Marco Ivan 42,971 C2
05 Manuel Fonseca 43,274 C1
05 Nelson Pereira 44,860 T3
06 João Moreira 42,291 C3
06 Rui Almeida 42,336 C2
06 Iceman 42,338 C1
07 Luís Fernandes 42,260 C3
07 António Novo 43,127 C1
08 Gustavo Gonçalves 43,014 C3
08 Pedro Nunes 43,321 C1
08 Rui Trindade 44,380 T2
09 Luís Vaz 42,367 C3
09 Tiago Pina 43,034 C2
09 Rui Trindade 43,260 C1
10 António Novo 43,108 C2
10 Nuno Gonçalves 43,400 T3
10 Renato Bastos 44,605 C1
11 Tiago Pina 43,200 T3
11 Ricardo Passos 43,357 T2
11 Pedro Oliveira 43,389 C1
12 Pedro Cunha 42,987 C3
12 Aires Azevedo 43,023 C1
12 António Rosa 43,357 C2
13 Iceman 42,248 T2
13 Ricardo Passos 42,457 C1
13 Marco Ivan 42,460 C3
14 Luis Vaz 42,298 C1
14 António Costa 42,971 T2
15 Pedro Nunes 42,970 C2
15 Jorge Meireles 43,001 T3
16 Aires Azevedo 42,628 C2
16 Renato Bastos 43,376 C3
16 António Rosa 43,417 C1
17 Luís Fernandes 42,111 T2
17 Manuel Fonseca 42,597 C3

<< Clique aquipara escrever aos ASES