Enviado Especial

Pedro Silva

 

25 DE MAIO 2010

Kartódromo do Algarve

 

Tive oportunidade de ir experimentar o Kartódromo de Portimão.
As instalações apesar de ainda não estarem completamente concluídas são muito boas, tendo possibilidade de almoçar por lá, um parque de estacionamento, e balneários para o banho depois da corrida.

Fiquei com o contacto do director técnico e sócio gerente da pista, tendo-lhe falado da possibilidade de uma deslocação a Portimão a 13 de Novembro (última corrida dos Ases).

Ficou como podem imaginar, todo contente!

 

 

A frota que eles têm é nova e é da SodiKart, motor Honda de 270cm3, muito bem construído, muito leve e preciso na experiência que tive em pista.

Passando a descrever a experiência:
Andei na pista curta do circuito, e mesmo assim à excepção de uma, todas as curvas são feitas a fundo :) (para a próxima combinei com o Paulo - director técnico experimentar o outro circuito mais longo).


Esta pista tem uma pequena recta da meta, seguida de uma curva a descer para a direita a fazer a fundo e de uma esquerda espectacular que entrando bem se consegue fazer a fundo.

Entrando mal, estamos sujeitos a ir à relva :)

Seguidamente vem mais uma direita fácil, seguida de outra direita mais técnica, que ao fim da 3º volta já a fazia a fundo. Levanta-se o pé, atira-se o kart para deslizar para a 4º curva à direita e esta sim mais apertada, mas espectacular.

Logo a seguir a esta é pisar o acelerador e temos duas curvas à esquerda a fundo (a 1ª delas quase gancho) mas a fazer a abrir, o kart segura-se muito bem, pequena recta interior seguida de curva à direita a subir e novamente curva à direita para entrada na recta da meta.

Esqueci-me de pedir os tempos mas entre 30 a 40 segundos fazemos a pista.
Os kart são bastantes confortáveis, seguros e precisos.
 

 

O asfalto da pista está em muito bom estado, os correctores são perfeitos com a entrada e saída de algumas das curvas a acabar nos mesmos, como são à medida torna-se espectacular.
O único senão à experiência foi mesmo o facto de o kart parecer que anda pouco, visto fazer sempre a pista a fundo :) e os karts estarem um pouco presos ainda, muito pouco uso.
Na pista longa temos uma recta de cerca de 500m, o que me leva a querer que para estes karts de aluguer se vai tornar um pouco monótono.

Falei com o Paulo sobre esta situação e ele referiu que talvez se coloque uma chicana a meio do traçado. É que assim não há motor que resista :)

Não consegui fazer um video, mas na próxima tento fazer isso!