por Rui Almeida

 

18 DE JANEIRO 2009

 

 

 

 

 

 

ASES DOMINAM E VENCEM

no arranque do Aventura 2009

 

 

 

Arrancou ontem a 4ª Edição do Aventura Empresas e os ASES marcaram presença, mais uma vez.

O Aventura Empresas é o mais importante campeonato destinado a empresas que se realiza no norte do país. Nas três edições anteriores, usou em cada prova uma frota de karts de aluguer a quatro tempos e uma outra mais competitiva, a dois tempos.

A formula foi de sucesso e o campeonato teve sempre as grelhas lotadas com 24 karts.

Para esta edição, o Parque Aventura foi mais ambicioso e resolveu colocar de pé, o mesmo campeonato destinado a Empresas, mas agora para pilotos que já não se contentam com um kart de aluguer. O Aventura Empresas usa agora um kart de competição… de aluguer! E caminha a passos largos para se tornar no melhor e principal troféu de Empresas em Portugal.

As exigências são maiores e aqueles que estavam habituados a "sentar e andar", sofreram um bocado com a falta de ritmo e de braço. Certamente vão começar a aparecer mais por Baltar para perceber como funciona a máquina e … treinar. É preciso treinar, perceber de pressões de pneus, de baixas, de altas, de anilhas, aberturas, etc, etc.

O Parque Aventura arriscou e ganhou!

Arriscou porque a conjectura actual é aquela que todos conhecem e este troféu já exige outro nível de dedicação e investimento.

E ganhou porque teve em pista 15 equipas, um número superior a muitas provas oficiais.

Estou convencido que este número vai subir, pois quem foi a Baltar movido pela curiosidade de ver estas máquinas a andar, deve ter ficado com água na boca.

Só falta falar da máquina:

O chassis é o conhecido CRG que tinha montado o pouco competitivo Komer 125 de 15CV e agora tem acoplado um IAME TIGER, uma versão especial do mais que comprovado IAME Leopard. Oficialmente faz 14.000 rotações e 24 CV, mas isso é oficialmente…

Na prática faz menos de 51 segundos com pneus Maxxis HG1 o que o atiraria para baixo dos 50 segundos se usasse outro tipo de composto.

Em poucas palavras, é confortável, fácil de guiar e muito, muito rápido. É fantástico!

Todos os nomes que conhecemos e dominam as provas para empresas

 

por esse país fora estiveram presentes, bem como alguns nomes dos principais campeonatos nacionais e regionais, “contratados” por empresas que querem ver o seu nome lá em cima na classificação.

A juntar a esses, alguns grupos amadores, como os Cavaleiros e claro está, os ASES!

Para esta prova de abertura a expectativa era grande.

Direi mesmo que era maior a expectativa do que a ansiedade. Ao longo das últimas semanas praticamente todas as equipas treinaram afincadamente e todos ouviam falar dos tempos feitos por A ou B, mas ontem, ontem é que íamos ver em que ponto tinha ficado a sua preparação.

Os Ases têm o melhor curriculum de todos no Aventura Empresas, mas não eram considerados os favoritos.   

   

Ontem a equipa AsesPelosAres.com esteve imparável. Obtiveram cinco pole-positions, duas melhores voltas e três vitórias, uma delas perdida na secretaria.

Mais impressionante que estes dados, foi a consistência de andamento que surpreendeu todos. E só a falta de experiência – como rodar com estes karts em marcha lenta e a falta de sorte – Filipe Matias foi o “Cristo” das pinças de travões impediu a equipa de obter um resultado mais expressivo.

A Ventilnorte terminou em oitavo lugar, mas fez um terceiro lugar numa das mangas. A sua grande adversária ao longo da jornada foi a McNally que lhes “roubou” o sétimo lugar na última corrida.

A GoBulling.com precisa sobretudo de rodar mais, de treinar mais. Ainda assim fez uma grande prova.

Na parte da manhã esteve em luta directa pelo sétimo lugar e só a sexta e sétima corrida deitou tudo a perder para a equipa, ficando definitivamente com o nono lugar.

 

Todos os resultados em... (http://www.mylaps.com/results/showevent.jsp?id=383807)

 

Aires Azevedo lidera a corrida IV na frente de Pedro Matos, Luis Fernandes e Nuno Cariano

 

Rui Almeida foi o primeiro vencedor do Aventura 2009

 

João Araújo na frente de Tozé Ferreira (Rádio Nova ERA)

 

Fazer o final da recta da meta sem travões? Só mesmo para Filipe Matias que sem esse imprescindível acessório segurou um terceiro lugar!

 

António Rosa fez um terceiro lugar na sua manga.

 

 

 

Reinaldo Fonseca e a sua GoBulling.com. Com mais experiência e treino a equipa promete melhores resultados.