por RUKYMAN

22 OUTUBRO 2007

3º Aventura Empresas

1ªProva

 

 

Os Ases tiveram um arranque no Aventura Empresas bastante auspicioso, mas a prova viria a terminar com uma grande espinha atravessada na garganta.

Num dia que se apresentou solarengo, a nossa equipa oficial – a KIVI – Kart Indoor de Viana, apresentou-se às restantes 19 equipas com naturais ambições de discutir resultados e a ambição de revalidar o título.

E da melhor forma o fizemos ao colocar toda a gente em sentido dominando as quatro corridas matinais e dessa forma passando logo para a frente da classificação geral provisória.

Filipe Matias foi o “tester” do nosso kart, bem como o primeiro a medir o pulso à concorrência.

Apesar de ter sido sempre o mais rápido, sofreu forte concorrência da MADEIRA + SAÚDE e da @KART.

Na corrida, uma falsa partida da MADEIRA + SAÚDE, fez com que somente tivesse de controlar a @KART, situação que geriu com relativa facilidade.

Na segunda corrida esteve Aires Azevedo que dominou os treinos praticamente desde o início, mas acabaria surpreendido na última volta de qualificação precisamente pela MADEIRA + SAÚDE.

Na corrida, Aires Azevedo tudo tentou para desfeitear o seu adversário de circunstância, mas ambos seriam surpreendidos pela BILAS KARTING, cujo kart tinha uma estrondosa velocidade de ponta.

Os três terminariam separados por três décimos de segundo, mas com Azevedo no terceiro lugar.

Tal como Filipe Matias, Aires Azevedo obteve a melhor volta da corrida.

O terceiro a fazer-se à pista foi João Araújo que tal como os seus companheiros de equipa comandou os destinos da sua manga.

Mas desta vez, os nossos adversários foram outros. YIELD SAÚDE e VENTILNORTE – equipa também composta por Ases e onde pontifica o nosso campeão em título.

Na corrida, Araújo apenas teve de controlar o andamento da YIELD SAÚDE para terminar em primeiro.

Para a quarta corrida só faltava Rui Almeida que tinha por missão controlar o andamento, já que o conjunto de resultados obtidos pelos seus companheiros, lhe dava alguma tranquilidade.

O mais rápido foi o “Cavaleiro” Nuno Cariano, logo seguido do nosso piloto.

Apesar de ter discutido inicialmente a hegemonia de Cariano passando para a frente, Almeida teve de lutar arduamente com a YIELD SAÚDE e a VENTILNORTE.

No final obteve o terceiro lugar e trazendo novamente a melhor volta para a nossa formação.

Finda a manhã, os ASES lideravam, seguidos dos CAVALEIROS DO ASFALTO, da VENTILNORTE e da YIELD SAÚDE, ou seja tudo sobre rodas…

No treino livre da tarde, a equipa continuou a sorrir.

O nosso kart dava mostras de boa afinação, de tal forma que a meio do treino, a equipa deu os “trabalhos” por concluídos.

Dada a partida, algo de estranho se passou, pois Aires Azevedo nem concluiu a primeira volta com uma falha grave nos travões.

A equipa técnica iniciou a reparação, mas rapidamente decidiu-se pela troca de kart.

Com isto tudo a nossa equipa começou a prova com quatro voltas de atraso (!) e pior de tudo, com um kart nitidamente muito mal afinado.

Foram três horas de corrida que foram um autêntico pesadelo, com um andamento muito abaixo do possível e desejável, de tal forma que não fomos além de quarta pior volta da corrida em vinte equipas: Sintomático.

Ainda assim, não baixamos os braços e conseguimos terminar em décimo-quinto lugar.

 

Resultados das corridas matinais:

 

  MANGA   A                                                                                        

    MANGA   B

      MANGA   C

        MANGA   D

 

3H Resistência

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comenta esta notícia noFORUMdos ASES!!