por Rui Almeida

 23 DE NOVEMBRO 2017

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LUÍS FERNANDES CAMPEÃO AO FOTO FINISH!

RUI ALMEIDA VOLTA A DOMINAR OS ACONTECIMENTOS

 

LUÍS FERNANDES NO FOTO FINISH

Os dois Luíses para além de grandes pilotos, são grandes desportistas.

 

Luís Fernandes venceu novamente o título de Campeão dos ASES PELOS ARES, alcançando o PENTA e ficando assim a um título de igualar Luís Vaz e os seus seis títulos!

Ainda assim, Fernandes obteve os seus cinco títulos de forma consecutiva, demonstrando um domínio avassalador desde que chegou aos ASES em 2013.

Foi um título inteiramente merecido, mas extremamente difícil e suado!

Não se chegou ao recorde da diferença mais curta de sempre obtido em 2015, quando derrotou Rui Almeida JR por escassos seis pontos, mas quase.

Desta vez foram oito os pontos a separar Fernandes de Luís Duarte que acabou por pagar muito caro a sua ausência na quarta jornada.

Oito pontos significam um empate técnico nos resultados, com a diferença a fazer-se nos detalhes.

Para esta jornada final Luís Duarte detinha escassa vantagem sobre Luís Fernandes, baseada no facto de poder terminar ambas as corridas atrás de Fernandes, desde que este não vencesse nenhuma das corridas.

De facto Fernandes não venceu nenhuma das corridas e Duarte até terminou a primeira imediatamente à frente de Fernandes (terceiro e quarto respectivamente)!

Os dados foram lançados na segunda manga com Fernandes a ter um kart que lhe permitiu discutir a vitória, contra Duarte que suou a bem suar para conseguir terminar em sexto, um lugar abaixo daquele que lhe permitiria obter o desejado título.

No final e numa análise rápida às suas épocas, verificamos que ambos venceram por três vezes, embora Luís Fernandes tenha estado presente nas 16 corridas, contra 14 de Luís Duarte. Fernandes foi onze vezes ao pódio contra dez de Duarte, mas este último, apesar de menos presente (e não deixa de ser relevante), obteve mais pontos extra.

O terceiro lugar acabou nas mãos da “velha raposa” Rui Almeida que realizou uma segunda metade do campeonato de excelente nível.

Almeida venceu 5 das 8 últimas corridas do campeonato, dominando por completo as duas últimas jornadas. Foi o piloto mais vitorioso do ano e esse facto juntamente com cinco “poles” e três melhores voltas, contribuiu em larga escala para chegar ao final do ano na liderança do Ranking “qualidade” dos ASES.

Nesta última jornada, Almeida voltou a dominar os acontecimentos.

Na primeira corrida foi o mais rápido nos treinos, arrancou na frente e nunca mais ninguém lhe colocou a vista em cima.

Na segunda manga arrancou de terceiro, mas realizou uma prova de antologia, comprovando a tal ponta final em excelente forma.

Primeiro superou Miguel Bento que mostrou credenciais nesta segunda visita aos ASES. Depois e apesar da enorme responsabilidade em não comprometer a luta de Fernandes pelo título com uma manobra irreflectida e irresponsável, Almeida acabou por superar Fernandes numa grande luta, durinha mas leal.

Vitória para Almeida e título para Fernandes.

Provavelmente o acesso à TIT é ainda uma tarefa mais difícil e este ano o suspense voltou a repetir-se.

Dos muitos candidatos de qualidade a poderem representar os ASES, este ano a “sorte” acabou por sorrir a Reinaldo Fonseca, Jorge Meireles, Diogo Sousa e Gustavo Gonçalves.

Com um bom início de campeonato, Reinaldo Fonseca começou por ser candidato ao título, classificação que liderou até à quinta jornada, mas uma ponta final infeliz mas também atabalhoada, relegou-o para estas contas.

Jorge Meireles é desde sempre um candidato pelo menos a este “título” e este ano não foi excepção. Fez um campeonato ao contrário de Fonseca, ou seja, começou tremido, mas acabou em grande estilo carimbando de forma clara mais uma presença nessa grande prova de âmbito nacional.

Também Diogo Sousa começou mal e acabou bem. Com as suas actividades desportivas repartidas também pelos automóveis, este ano Diogo Sousa não esteve tão interventivo como em 2016, mas fez o suficiente para justificar a sua chamada.

Voltou a vencer e ainda visitou o pódio por duas vezes.

Gustavo Gonçalves é um dos melhores valores dos ASES, mas é daqueles pilotos que vai para as corridas já com penalização!

O seu elevado peso não ajuda, mas basta ver os seus vídeos para se perceber que a qualidade está lá.

Ano após ano, a luta é tremenda, mas pela terceira vez consecutiva, Gonçalves voltou a qualificar-se para mais uma TIT.

Para além destes seis pilotos, há a destacar nomes como Fernando Charais que até às férias de verão esteve bem dentro dos prováveis eleitos. Rui Almeida JR que venceu 3 vezes e também liderou o troféu. Os seus afazeres curriculares renderam duas ausências que não são compatíveis com a competitividade do campeonato.

Pedro Nunes que se estreou a vencer, mostrou mais uma vez muita rapidez mas pouca consistência.

O inevitável João Moreira também vencedor de duas corridas, mas ausente em quase metade do campeonato!

E depois todos os outros que contribuem decisivamente para a valorização dos vencedores e do troféu e que aqui e ali tiveram apontamentos de qualidade.

49 Pilotos participaram no troféu deste ano. 25 Fizeram mais de metade das provas e 18 participaram em 7 ou na totalidade das provas.

Os ASES estão seguramente em alta, o KIVIKART com a sua frota de “Yamaha’s” é provavelmente uma das razões do sucesso e por isso mesmo está também de parabéns.

Terminou a 18ª edição do troféu, no ano em que os ASES comemoraram 20 anos de corridas.

A 1 de Dezembro faremos a FESTA!

Já se inscreveram 16 equipas e estão lá todos!

Os melhores, a velha guarda, os campeões – actuais e antigos, pilotos nacionais, estrangeiros, enfim todos aqueles que continuam a fazer deste troféu uma referência de competitividade, de qualidade, enfim de um grande grupo de amigos!

Rui Almeida esteve intratável nas duas últimas jornadas, vencendo tudo e com isso atingiu à liderança do ranking "Qualidade" dos ASES


CORRIDA 1
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 04 Rui Almeida 45,220 0,000 1 04 Rui Almeida 13 00,00 45,209 1 01 Jorge Meireles 45,186 0,000
2 18 Luís Duarte 45,491 0,271 2 01 Jorge Meireles 13 02,34 45,186 2 04 Rui Almeida 45,209 0,023
3 01 Jorge Meireles 45,495 0,275 3 18 Luís Duarte 13 02,72 45,271 3 18 Luís Duarte 45,271 0,085
4 10 Luís Fernandes 45,600 0,380 4 10 Luís Fernandes 13 04,62 45,481 4 17 João Moreira 45,476 0,290
5 17 João Moreira 45,690 0,470 5 17 João Moreira 13 05,08 45,476 5 10 Luís Fernandes 45,481 0,295
6 11 Pedro Nunes 45,930 0,710 6 11 Pedro Nunes 13 08,12 45,522 6 11 Pedro Nunes 45,522 0,336
7 06 Reinaldo Fonseca 46,150 0,930 7 06 Reinaldo Fonseca 13 10,67 45,718 7 09 Gustavo Gonçalves 45,654 0,468
8 08 Hugo Carvalhido 46,251 1,031 8 08 Hugo Carvalhido 13 12,28 45,762 8 06 Reinaldo Fonseca 45,718 0,532
9 02 Diogo Sousa 46,255 1,035 9 02 Diogo Sousa 13 13,81 45,843 9 08 Hugo Carvalhido 45,762 0,576
10 09 Gustavo Gonçalves 46,290 1,070 10 09 Gustavo Gonçalves 13 14,05 45,654 10 02 Diogo Sousa 45,843 0,657
11 13 Joaquim Oliveira 46,340 1,120 11 13 Joaquim Oliveira 13 18,11 46,126 11 15 Miguel Bento 45,934 0,748
12 14 Manuel Fonseca 46,400 1,180 12 14 Manuel Fonseca 13 18,53 46,251 12 05 Renato Afonso 45,995 0,809
13 16 João Veiga 46,480 1,260 13 16 João Veiga 13 18,84 46,127 13 13 Joaquim Oliveira 46,126 0,940
14 15 Miguel Bento 46,490 1,270 14 05 Renato Afonso 13 21,75 45,995 14 16 João Veiga 46,127 0,941
15 21 Luís Cunha 46,510 1,290 15 19 Fernando Charais 13 23,84 46,388 15 14 Manuel Fonseca 46,251 1,065
16 05 Renato Afonso 46,620 1,400 16 21 Luís Cunha 13 33,21 46,267 16 21 Luís Cunha 46,267 1,081
17 19 Fernando Charais 46,630 1,410 17 12 Marco Azevedo 13 39,07 47,037 17 19 Fernando Charais 46,388 1,202
18 07 Nuno Gonçalves 47,390 2,170 18 20 Ruben Azevedo 13 43,82 47,443 18 07 Nuno Gonçalves 46,832 1,646
19 12 Marco Azevedo 47,750 2,530 19 07 Nuno Gonçalves 13 44,19 46,832 19 12 Marco Azevedo 47,037 1,851
20 20 Ruben Azevedo 47,760 2,540 20 15 Miguel Bento 12 1 Lap 45,934 20 20 Ruben Azevedo 47,443 2,257
CORRIDA 2
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 20 Luís Fernandes 45,100 0,000 1 16 Rui Almeida 13 00,00 44,968 1 08 Reinaldo Fonseca 44,796 0,000
2 01 Miguel Bento 45,140 0,040 2 20 Luís Fernandes 13 01,35 45,009 2 16 Rui Almeida 44,968 0,172
3 16 Rui Almeida 45,160 0,060 3 01 Miguel Bento 13 01,59 45,090 3 20 Luís Fernandes 45,009 0,213
4 12 João Moreira 45,480 0,380 4 12 João Moreira 13 04,65 45,330 4 01 Miguel Bento 45,090 0,294
5 17 Jorge Meireles 45,590 0,490 5 17 Jorge Meireles 13 13,37 45,861 5 12 João Moreira 45,330 0,534
6 21 Diogo Sousa 45,610 0,510 6 02 Luís Duarte 13 13,75 45,835 6 21 Diogo Sousa 45,722 0,926
7 04 Manuel Fonseca 45,640 0,540 7 19 Luís Cunha 13 17,24 45,991 7 09 Pedro Nunes 45,758 0,962
8 09 Pedro Nunes 45,750 0,650 8 14 Fernando Charais 13 17,30 46,110 8 02 Luís Duarte 45,835 1,039
9 08 Reinaldo Fonseca 45,770 0,670 9 05 Gustavo Gonçalves 13 20,02 45,951 9 07 Hugo Carvalhido 45,844 1,048
10 02 Luís Duarte 45,890 0,790 10 13 Renato Afonso 13 20,22 45,897 10 17 Jorge Meireles 45,861 1,065
11 14 Fernando Charais 45,920 0,820 11 07 Hugo Carvalhido 13 21,77 45,844 11 04 Manuel Fonseca 45,892 1,096
12 19 Luís Cunha 46,221 1,121 12 06 Joaquim Oliveira 13 22,06 46,006 12 13 Renato Afonso 45,897 1,101
13 05 Gustavo Gonçalves 46,225 1,125 13 21 Diogo Sousa 13 23,55 45,722 13 05 Gustavo Gonçalves 45,951 1,155
14 13 Renato Afonso 46,420 1,320 14 11 Nuno Gonçalves 13 24,24 46,073 14 19 Luís Cunha 45,991 1,195
15 06 Joaquim Oliveira 46,450 1,350 15 10 João Veiga 13 28,53 46,613 15 06 Joaquim Oliveira 46,006 1,210
16 11 Nuno Gonçalves 46,470 1,370 16 18 Marco Azevedo 13 41,64 46,473 16 11 Nuno Gonçalves 46,073 1,277
17 18 Marco Azevedo 46,540 1,440 17 09 Pedro Nunes 13 42,96 45,758 17 14 Fernando Charais 46,110 1,314
18 07 Hugo Carvalhido 46,810 1,710 18 04 Manuel Fonseca 12 13,97 45,892 18 18 Marco Azevedo 46,473 1,677
19 10 João Veiga 46,840 1,740 19 08 Reinaldo Fonseca 12 1 Lap 45,796 19 10 João Veiga 46,613 1,817
20 15 Ruben Azevedo 49,900 4,800 20 15 Ruben Azevedo 0 13 Laps --/-- 20 20 Ruben Azevedo --/--  

Também Jorge Meireles terminou o troféu em alta quase ameaçando o quarto lugar de Reinaldo Fonseca

 

A segunda presença de Miguel Bento entre os ASES já rendeu uma subida ao pódio

 

Campeão Fernandes chegou a duvidar de nova conquista, mas o seu caracteristico sangue frio e tarimba de Campeão deram a volta aos acontecimentos

 

Luís Duarte fez tudo certo, mas o segundo kart não ajudou nada à festa, deixando-o "morrer na praia"

 

"Se existe alguma maneira de as coisas correrem mal, seguramente correrão!" - Reinaldo Fonseca quererá esquecer rapidamente as três últimas jornadas

 

Não foi só Luís Fernandes que derrotou Luís Duarte ao Foto Finish. Também Diogo Sousa venceu a luta pelo último lugar de acesso à TIT por 7 pontos!

 

Gustavo Gonçalves representará os ASES na TIT pela terceira vez consecutiva

 

O Iceman é seguramente um dos sólidos valores dos ASES, mas a vida académica levaram-no a abdicar primeiro da luta pelo título e depois da luta pela TIT

 

As férias de verão abrandaram o andamento de Fernando Charais que até lá estava em excelente posição para discutir o TOP SIX

 

Depois de muitas promessas, Pedro Nunes estreou-se a vencer nos ASES em 2017

 

João Moreira só participou em cinco das oito jornadas, mas mesmo assim venceu por duas vezes!

 

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES