por Rui Almeida

18 DE OUTUBRO 2017

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RUKYMAN LEVA TUDO PARA CASA!

LUÍS FERNANDES E LUÍS DUARTE DISCUTEM TÍTULO ATÉ AO FIM

 

A HORA DE RUKYMAN

Para termos pela frente um campeonato tão competitivo como o deste ano, é necessário recuar aos campeonatos de 2006, onde Luís Vaz e Filipe Matias lutaram até ao último metro da última manga e mais recentemente, em 2015, onde Luís Fernandes e Rui Almeida JR, esgrimiram argumentos em luta directa também na última manga da última jornada.

Estamos a uma prova do fim e a luta está mais acesa que nunca, até porque este ano, o lote de pilotos subiu para o dobro.

Rui Almeida, desta vez o Senior resolveu deitar mais duas achas para uma fogueira que já estava bem ateada e com isso lançar uma inesperada candidatura para um título que alcançou pela última vez no século passado!

À chegada a esta jornada, três pilotos estavam como que empatados na luta pelo título – Luís Fernandes, Reinaldo Fonseca e Luís Duarte. Esta era a ordem na classificação, mas olhando com olhos de ver, a força da candidatura de cada um era inversa, ou seja, Duarte na frente, Fonseca a seguir e finalmente Fernandes.

Todos esperávamos mais uma jornada muito disputada, mas a curiosidade saiu um pouco defraudada e o interesse final acabou por recair somente em saber como tinham ficado as contas para as duas guerras em discussão: A do título e a do Top 6.

Rui Almeida SR dominou a jornada com muita frieza e calculismo e atrás de si, todos ou pelo menos os mais interessados nas ditas contas, procuraram não arriscar muito e ficar com mais um pássaro na mão, do que ver muitos a voar.

Já muitas vezes escrevi aqui que o mérito dos pilotos não está em vencer, o mérito está em conseguir o máximo de pontos possível com os meios que em determinada prova temos nas mãos. Por vezes, um lugar secundário dá mais satisfação que uma vitória, tão só porque esse lugar foi alcançado com um kart pouco colaborante.

Quando se tem o melhor material e não se consegue vencer, então pode-se concluir que se desperdiçou um resultado, uma oportunidade!

O que não podemos nunca fazer é deitar a toalha ao chão, pois se estamos convictos que temos potencial, um dia a nossa hora há-de chegar.

Este sábado foi a hora do Rukyman.

Dois karts bem colaborantes permitiram-lhe fazer duas poles e arrancar na frente. Depois foi só manter a calma, não arriscar e levar os karts até ao fim num andamento rápido mas certinho.

No final acabou por fazer a chamada “barba, cabelo e unhas”. Um resultado histórico, dado que só por uma vez nos 20 anos do troféu, um piloto (João Moreira) tinha conseguido algo semelhante!

Atrás de si, o Top 5 era ocupado só por pilotos ainda com contas a fazer e mais atrás vinham aqueles que tinham de minimizar as perdas – Reinaldo Fonseca, Rui Almeida JR e principalmente Diogo Sousa só no 13º lugar.

Na primeira manga e no tal Top 5 não aconteceu nada e todos preferiram manter o que tinham alcançado nos treinos.

Luís Duarte foi segundo e reforçou a sua candidatura ao título, Luís Fernandes nem esboçou um ataque e fez terceiro e o mesmo com Jorge Meireles e Gustavo Gonçalves que mantiveram os resultados dos treinos.

Na segunda manga foi mais do mesmo.

Rui Almeida SR voltou a não vacilar e venceu tranquilamente, enquanto os Luíses trocaram de posições: Fernandes foi segundo nos treinos e na corrida e o Duarte, fez terceiro nos treinos e repetiu a dose na corrida.

Rui Almeida JR rectificou o resultado da primeira manga e fechou no quarto lugar.

Gustavo Gonçalves foi novamente quinto, enquanto Jorge Meireles perdeu o frontal e terminou atrasado, deixando o pássaro a voar…

Depois de um 11º lugar na primeira manga, Diogo Sousa não deitou a toalha ao chão e fechou no Top 6.

O maior perdedor acabou por ser Reinaldo Fonseca:

Se houve provas em que Fonseca teve a estrelinha da sorte (e a aproveitou muito bem!), desta vez não foi feliz com os karts, mas a verdade é que partilhou os mesmos karts que Diogo Sousa com resultados bem diferentes.

As contas do título serão objecto de um artigo dedicado, mas numa análise rápida e resumida temos que Luís Duarte tem uma ligeiríssima vantagem sobre Luís Fernandes.

Só vencendo é que Fernandes não depende de Luís Duarte.

Em qualquer outro resultado que não a vitória, se Luís Duarte terminar logo atrás, pode chegar ao título.

Já Rui Almeida SR e Reinaldo Fonseca, estão praticamente empatados e embora tenham hipóteses matemáticas de chegar ao título, estarão provavelmente mais numa posição de fiel da balança na luta entre os Luíses.

O mesmo é verdadeiro para qualquer piloto do Top 10, já que andamento não lhes falta para conseguir vencer uma corrida!

Dia 18 de Novembro tudo será decidido

NOTA: Ler atentamente o ponto 10 do regulamento do troféu dos ASES.

CORRIDA 1
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 04 Rui Almeida 40,286 0,000 1 04 Rui Almeida 15 00,00 40,098 1 04 Rui Almeida 40,098 0,000
2 18 Luís Duarte 40,478 0,192 2 18 Luís Duarte 15 01,71 40,254 2 18 Luís Duarte 40,254 0,156
3 09 Luís Fernandes 40,583 0,297 3 09 Luís Fernandes 15 02,14 40,298 3 09 Luís Fernandes 40,298 0,200
4 11 Jorge Meireles 40,591 0,305 4 11 Jorge Meireles 15 08,94 40,601 4 05 Gustavo Gonçalves 40,412 0,314
5 05 Gustavo Gonçalves 40,638 0,352 5 05 Gustavo Gonçalves 15 09,10 40,412 5 01 Renato Afonso 40,498 0,400
6 12 Pedro Nunes 40,641 0,355 6 12 Pedro Nunes 15 09,55 40,627 6 11 Jorge Meireles 40,601 0,503
7 01 Renato Afonso 40,774 0,488 7 06 Reinaldo Fonseca 15 10,20 40,608 7 06 Reinaldo Fonseca 40,608 0,510
8 06 Reinaldo Fonseca 40,823 0,537 8 01 Renato Afonso 15 10,70 40,498 8 12 Pedro Nunes 40,627 0,529
9 08 Iceman 40,957 0,671 9 08 Iceman 15 11,19 40,639 9 08 Iceman 40,639 0,541
10 02 Hugo Carvalhido 41,012 0,726 10 02 Hugo Carvalhido 15 13,11 40,766 10 20 Diogo Sousa 40,663 0,565
11 14 Luís Cunha 41,067 0,781 11 20 Diogo Sousa 15 13,40 40,663 11 21 Nuno Gonçalves 40,702 0,604
12 13 Fernando Charais 41,147 0,861 12 13 Fernando Charais 15 15,65 40,840 12 16 Joaquim Oliveira 40,711 0,613
13 20 Diogo Sousa 41,301 1,015 13 14 Luís Cunha 15 16,74 40,901 13 02 Hugo Carvalhido 40,766 0,668
14 16 Joaquim Oliveira 41,438 1,152 14 21 Nuno Gonçalves 15 19,82 40,702 14 13 Fernando Charais 40,840 0,742
15 10 Natanael Neiva 41,482 1,196 15 16 Joaquim Oliveira 15 21,10 40,711 15 14 Luís Cunha 40,901 0,803
16 19 Manuel Fonseca 41,504 1,218 16 07 Diogo Costa 15 23,20 40,924 16 07 Diogo Costa 40,924 0,826
17 03 Márcio Moreira 41,578 1,292 17 10 Natanael Neiva 15 29,69 41,288 17 19 Manuel Fonseca 41,025 0,927
18 21 Nuno Gonçalves 41,658 1,372 18 03 Márcio Moreira 15 36,38 41,395 18 10 Natanael Neiva 41,288 1,190
19 07 Diogo Costa 41,879 1,593 19 17 António Ambrosio 15 39,61 41,702 19 03 Márcio Moreira 41,395 1,297
20 15 Ruben Azevedo 41,917 1,631 20 19 Manuel Fonseca 15 40,02 41,025 20 17 António Ambrosio 41,702 1,604
21 17 António Ambrosio 42,050 1,764 21 15 Ruben Azevedo 14 1 Lap 41,907 21 15 Ruben Azevedo 41,907 1,809
CORRIDA 2
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 01 Rui Almeida 39,705 0,000 1 01 Rui Almeida 15 00,00 40,089 1 01 Rui Almeida 40,089 0,000
2 21 Luís Fernandes 40,267 0,562 2 21 Luís Fernandes 15 00,82 40,243 2 12 Iceman 40,093 0,004
3 11 Luís Duarte 40,283 0,578 3 11 Luís Duarte 15 01,38 40,150 3 11 Luís Duarte 40,150 0,061
4 12 Iceman 40,344 0,639 4 12 Iceman 15 01,85 40,093 4 18 Gustavo Gonçalves 40,238 0,149
5 18 Gustavo Gonçalves 40,421 0,716 5 18 Gustavo Gonçalves 15 04,70 40,238 5 21 Luís Fernandes 40,243 0,154
6 05 Jorge Meireles 40,566 0,861 6 06 Diogo Sousa 15 10,00 40,577 6 04 Renato Afonso 40,547 0,458
7 04 Renato Afonso 40,593 0,888 7 04 Renato Afonso 15 10,19 40,547 7 06 Diogo Sousa 40,577 0,488
8 06 Diogo Sousa 40,682 0,977 8 14 Hugo Carvalhido 15 12,77 40,726 8 05 Jorge Meireles 40,663 0,574
9 14 Hugo Carvalhido 40,808 1,103 9 10 Manuel Fonseca 15 17,73 40,978 9 14 Hugo Carvalhido 40,726 0,637
10 10 Manuel Fonseca 40,847 1,142 10 02 Luís Cunha 15 19,54 41,140 10 09 Nuno Gonçalves 40,926 0,837
11 09 Nuno Gonçalves 40,865 1,160 11 09 Nuno Gonçalves 15 19,72 40,926 11 10 Manuel Fonseca 40,978 0,889
12 02 Luís Cunha 40,978 1,273 12 13 Márcio Moreira 15 23,86 40,993 12 13 Márcio Moreira 40,993 0,904
13 19 Natanael Neiva 41,065 1,360 13 15 Diogo Costa 15 23,99 41,044 13 17 Joaquim Oliveira 41,026 0,937
14 20 Reinaldo Fonseca 41,092 1,387 14 16 António Ambrosio 15 25,39 41,034 14 16 António Ambrosio 41,034 0,945
15 17 Joaquim Oliveira 41,129 1,424 15 17 Joaquim Oliveira 15 25,80 41,026 15 15 Diogo Costa 41,044 0,955
16 13 Márcio Moreira 41,176 1,471 16 05 Jorge Meireles 15 26,06 40,663 16 03 Fernando Charais 41,114 1,025
17 03 Fernando Charais 41,263 1,558 17 07 Ruben Azevedo 15 32,99 41,521 17 02 Luís Cunha 41,140 1,051
18 08 Pedro Nunes 41,280 1,575 18 03 Fernando Charais 15 37,39 41,114 18 19 Natanael Neiva 41,205 1,116
19 16 António Ambrosio 41,331 1,626 19 19 Natanael Neiva 15 40,64 41,205 19 07 Ruben Azevedo 41,521 1,432
20 07 Ruben Azevedo 41,521 1,816 20 20 Reinaldo Fonseca 2 13 Laps 42,517 20 20 Reinaldo Fonseca 42,517 2,428
21 15 Diogo Costa 41,602 1,897 21 08 Pedro Nunes 1 14 Laps 11,730 21 08 Pedro Nunes 11,730 31,641

 

 

Desde 2013 que Luís Fernandes discute e vence o título dos ASES. Será que chegará ao PENTA?

Luis Duarte, apesar de uma ausência, fez uma época fantástica e pode ser o primeiro a destronar o "Imperador" Fernandes

 

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES