por Rui Almeida

14 DE AGOSTO 2017

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A "TURMA" da quinta jornada 2017

 

LUÍS FERNANDES VOLTA À LIDERANÇA DO TROFÉU PRIMEIRA VITÓRIA DA ÉPOCA PARA RUI ALMEIDA SR

REINALDO FONSECA TAMBÉM VENCE

EXCELENTE RÉPLICA DOS "CONVIDADOS"

 

Luís Fernandes não vencia desde a jornada inaugural!

Realizou-se no passado dia 15 de Julho a 5ª jornada do troféu dos ASES 2017, prova que marcou o arranque da segunda e decisiva metade do troféu.

Mais uma vez, foi uma jornada extremamente competitiva e difícil, com algumas situações de alguma agressividade, a mostrar que a luta pela vitória, a luta por um lugar no pódio, a luta por um lugar ao sol (!) neste troféu é de facto muito dura e difícil.

No entanto e é bom salientar o facto de todos terem ficado satisfeitos e principalmente resolvidos/esclarecidos nas situações mais apertadas que foram acontecendo aqui e ali.

Para ajudar à festa, os ASES contaram nesta jornada com 4 pilotos TOP que vieram do sul, dois deles, grandes “monstros” das provas de lazer em Portugal e não só – Duarte Lopes e André Caiado.

O Top Six do troféu que dita o futuro vencedor e as presenças na próxima TIT está completamente ao rubro e nesta fase, imprevisível.

Na primeira manga seria o 6º colocado do campeonato, o veterano Rui Almeida a alcançar a pole (segunda da época) logo seguido dos dois primeiros da classificação provisória – Rui Almeida JR e Reinaldo Fonseca.

Destaque para Diogo Costa – recente vencedor do Master 2017 do KCM, novamente a mostrar serviço e a sair da segunda fila também.

As primeiras voltas da corrida foram de cortar a respiração com Rui SENIOR a tentar manter a liderança sobre o seu primogénito - Rui JUNIOR, este que tem pautado o arranque das corridas por alguma saudável agressividade.

No início da segunda volta e ainda com o pelotão compacto, tudo se precipita quando Reinaldo Fonseca tentou tirar dividendos de mais uma tentativa de ultrapassagem de Rui Junior sobre Rui Senior!

Fonseca perdeu o frontal, gerou alguma confusão nos perseguidores e deixou Rui Junior mais à vontade no ataque à liderança. Só que na volta seguinte o Junior mediu mal a abordagem a uma curva algo rápida e acabou por chocar com os pneus que ladeiam a pista e atrasando-se prematuramente.

Ou seja, em apenas três voltas os dois líderes do troféu ficam pelo caminho e Rui Almeida SR fica descansado e isolado na liderança.

A luta pelo segundo lugar não diminuiu de intensidade. No entanto, Diogo Costa e Alvaro Bessa foram os maiores perdedores, enquanto os mais experientes Gustavo Gonçalves e Pedro Nunes aproveitaram para facturar  e chegar-se aos lugares de acesso à TIT.

A segunda manga mostrou a razão de ter apelidado Duarte Lopes de “monstro das provas de lazer”.

Não é qualquer piloto que chega a uma prova dos ASES onde pontificam dos melhores pilotos do norte, com experiencia escassa da frota e da pista e arrasa com uma pole-position em tempo recorde! Foi isso mesmo que fez Duarte Lopes nesta manga.

Depois de uma primeira manga a aprender o circuito e a habituar-se à condução do Yamaha, Lopes dominou completamente a segunda manga mas… não ganhou!

Já lá vamos.

Dois outsiders do campeonato seguiram-no na grelha: João Moreira, um forte contendor do troféu, mas este ano a correr por fora e Rui Miranda, o Campeão UM.

Depois de uma primeira manga para esquecer, os dois lideres do troféu – Rui Almeida Junior e Reinaldo Fonseca, continuaram a marcar-se directamente obtendo os quinto e sexto tempos respectivamente.

Dada a partida, Duarte Lopes arrancou bem e nunca mais ninguém lhe pôs a vista em cima.

Atrás, Rui Miranda assume o segundo lugar, enquanto que Rui Almeida Junior volta a colocar na pista muita pressão e agressividade, esgrimindo o terceiro lugar com João Moreira.

Os pilotos ultrapassaram-se mutuamente, tocaram-se, algum excesso do jovem lobo a terminar da pior forma para ambos.

Enquanto Moreira se atrasou, se desconcentrou e acabou mesmo por desistir, o Iceman perdeu o frontal e teve de fazer uma corrida de trás para a frente, comprometendo pontos importantes na a luta pelo campeonato.

À quarta volta mais um volte-face com Rui Miranda a abandonar com um problema no eixo traseiro.

Com isto tudo, Duarte Lopes liderava com enorme avanço e Reinaldo Fonseca minimizava ao máximo as perdas aguentando um segundo lugar na frente de outro contendor importante, o campeão em título Luis Fernandes.

Tudo corria sobre rodas para Duarte Lopes que iria deixar a sua marca no troféu dos ASES.

Acontece que as corridas só terminam depois da bandeirada de xadrez e com tamanho avanço, Lopes começou a “curtir” a enorme potencia do Yamaha. Drift aqui, slide ali, alguma desconcentração e acabou por acertar nos pneus que ladeiam a pista.

Visita obrigatória à boxe para colocar novo frontal e a liderança a cair do céu a Reinaldo Fonseca!

Fonseca ainda fez jackpot, pois Duarte Lopes entrou em pista atrás de si, cavando pontos para o terceiro Luis Fernandes.

Na terceira manga foi a vez do outro “monstro” - André Caiado, mostrar que quem sabe, sabe em qualquer pista, sejam lá quais forem as condições.

Foi o mais rápido, seguido do nosso campeão Luís Fernandes.

Diogo Sousa a precisar de resultados como de pão para a boca fez terceiro.

No que toca aos lugares do pódio, esta manga foi a menos movimentada.

Luís Fernandes arrancou melhor que André Caiado e depois fez prevalecer toda a sua enorme experiencia para manter atrás de si um André Caiado que tudo fez para aquecer o sangue frio de Fernandes.

Diogo Sousa por sua vez, fez uma prova tranquila e fechou o pódio.

Atrás, as coisas estiveram mais animadas, com quatro pilotos a trocarem de posições várias vezes mas com Fernando Charais a rir melhor no final e consolidando o excelente troféu que está a realizar.

Nas contas do troféu, a liderança voltou para Luís Fernandes, com Reinaldo Fonseca muito perto no segundo lugar.

Rui Almeida Junior foi quem mais perdeu. Desastrado, precipitado e algo nervoso nesta jornada, obteve dois resultados que seriam certamente para deitar ao lixo no final da época, não fosse o facto de ir estar ausente na próxima jornada!

Para os restantes lugares do Top SIX, é cada vez mais difícil definir quem serão os restantes pilotos, já que Pedro Nunes, actual 10º classificado, dista menos de 200 pontos do quarto lugar que está na posse de Fernando Charais.

O troféu volta a 9 de Setembro novamente no KIVIKART.

 

 

 

 

CORRIDA 1
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 06 Rui Almeida 42,660 0,000 1 06 Rui Almeida 14 00,00 42,419 1 07 Reinaldo Fonseca 42,315 0,000
2 02 Iceman 42,812 0,152 2 03 Gustavo Gonçalves 14 04,92 42,639 2 06 Rui Almeida 42,419 0,104
3 07 Reinaldo Fonseca 42,813 0,153 3 11 Pedro Nunes 14 05,12 42,632 3 01 Jorge Meireles 42,420 0,105
4 18 Diogo Costa 42,830 0,170 4 01 Jorge Meireles 14 05,44 42,420 4 20 João Moreira 42,465 0,150
5 04 Alvaro Bessa 42,835 0,175 5 04 Alvaro Bessa 14 08,29 42,828 5 11 Pedro Nunes 42,632 0,317
6 03 Gustavo Gonçalves 42,890 0,230 6 10 Rui Miranda 14 09,19 42,918 6 03 Gustavo Gonçalves 42,639 0,324
7 11 Pedro Nunes 42,980 0,320 7 12 Pedro Soares 14 09,58 42,907 7 09 André Caiado 42,682 0,367
8 01 Jorge Meireles 43,030 0,370 8 18 Diogo Costa 14 09,96 42,833 8 05 Luis Cunha 42,805 0,490
9 20 João Moreira 43,080 0,420 9 14 Duarte Lopes 14 12,01 42,923 9 04 Alvaro Bessa 42,828 0,513
10 12 Pedro Soares 43,161 0,501 10 20 João Moreira 14 15,72 42,465 10 18 Diogo Costa 42,833 0,518
11 10 Rui Miranda 43,163 0,503 11 15 Hugo Carvalhido 14 17,40 43,178 11 16 Ricardo Passos 42,834 0,519
12 14 Duarte Lopes 43,210 0,550 12 05 Luis Cunha 14 19,20 42,805 12 12 Pedro Soares 42,907 0,592
13 09 André Caiado 43,211 0,551 13 16 Ricardo Passos 14 23,97 42,834 13 10 Rui Miranda 42,918 0,603
14 05 Luis Cunha 43,260 0,600 14 09 André Caiado 14 24,44 42,682 14 14 Duarte Lopes 42,923 0,608
15 15 Hugo Carvalhido 43,320 0,660 15 08 Renato Afonso 14 31,51 42,973 15 02 Iceman 42,969 0,654
16 16 Ricardo Passos 43,640 0,980 16 19 Luis Oliveira 14 32,20 43,367 16 08 Renato Afonso 42,973 0,658
17 17 Claudio Mota 43,650 0,990 17 17 Claudio Mota 14 35,49 43,012 17 17 Claudio Mota 43,012 0,697
18 08 Renato Afonso 44,220 1,560 18 07 Reinaldo Fonseca 11 3 Laps 42,315 18 15 Hugo Carvalhido 43,178 0,863
19 19 Luis Oliveira 44,250 1,590 19 02 Iceman 9 5 Laps 42,969 19 19 Luis Oliveira 43,367 1,052
20 13 Paulo Costa 44,680 2,020 20 13 Paulo Costa 8 6 Laps 44,126 20 13 Paulo Costa 44,126 1,811
CORRIDA 2
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 18 Duarte Lopes 42,190 0,000 1 02 Reinaldo Fonseca 14 00,00 42,644 1 18 Duarte Lopes 42,263 0,000
2 12 João Moreira 42,427 0,237 2 18 Duarte Lopes 14 00,51 42,263 2 04 Rui Miranda 42,264 0,001
3 04 Rui Miranda 42,486 0,296 3 16 Luis Fernandes 14 01,27 42,675 3 12 João Moreira 42,338 0,075
4 03 Iceman 42,577 0,387 4 08 Fernando Charais 14 01,79 42,681 4 02 Reinaldo Fonseca 42,644 0,381
5 02 Reinaldo Fonseca 42,662 0,472 5 20 Luis Duarte 14 02,45 42,664 5 03 Iceman 42,660 0,397
6 16 Luis Fernandes 42,701 0,511 6 19 Diogo Sousa 14 02,89 42,757 6 20 Luis Duarte 42,664 0,401
7 08 Fernando Charais 42,702 0,512 7 01 Joaquim Oliveira 14 03,54 42,879 7 16 Luis Fernandes 42,675 0,412
8 20 Luis Duarte 42,883 0,693 8 03 Iceman 14 09,26 42,660 8 08 Fernando Charais 42,681 0,418
9 19 Diogo Sousa 42,931 0,741 9 05 Pedro Nunes 14 10,25 43,081 9 19 Diogo Sousa 42,757 0,494
10 01 Joaquim Oliveira 43,065 0,875 10 17 Diogo Costa 14 10,83 43,134 10 01 Joaquim Oliveira 42,879 0,616
11 10 Pedro Soares 43,208 1,018 11 09 Alvaro Bessa 14 13,14 43,223 11 06 Natanael Neiva 43,075 0,812
12 17 Diogo Costa 43,236 1,046 12 11 Roberto Costa 14 14,60 43,410 12 05 Pedro Nunes 43,081 0,818
13 05 Pedro Nunes 43,282 1,092 13 13 Claudio Mota 14 20,51 43,556 13 17 Diogo Costa 43,134 0,871
14 09 Alvaro Bessa 43,291 1,101 14 14 Luis Gachineiro 14 25,03 44,137 14 09 Alvaro Bessa 43,223 0,960
15 11 Roberto Costa 43,351 1,161 15 06 Natanael Neiva 14 26,10 43,075 15 10 Pedro Soares 43,380 1,117
16 13 Claudio Mota 43,638 1,448 16 10 Pedro Soares 14 31,71 43,380 16 11 Roberto Costa 43,410 1,147
17 06 Natanael Neiva 43,718 1,528 17 07 José Ambrosio 13 1 Lap 45,460 17 13 Claudio Mota 43,556 1,293
18 14 Luis Gachineiro 44,267 2,077 18 12 João Moreira 10 4 Laps 42,338 18 14 Luis Gachineiro 44,137 1,874
19 07 José Ambrosio 46,078 3,888 19 04 Rui Miranda 4 10 Laps 42,264 19 07 José Ambrosio 45,460 3,197
CORRIDA 3
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 06 André Caiado 42,313 0,000 1 20 Luis Fernandes 14 00,00 42,439 1 06 André Caiado 42,430 0,000
2 20 Luis Fernandes 42,562 0,249 2 06 André Caiado 14 00,35 42,430 2 20 Luis Fernandes 42,439 0,009
3 05 Diogo Sousa 42,596 0,283 3 05 Diogo Sousa 14 01,46 42,508 3 05 Diogo Sousa 42,508 0,078
4 18 Fernando Charais 42,815 0,502 4 18 Fernando Charais 14 06,90 42,804 4 01 Luis Oliveira 42,609 0,179
5 15 Jorge Meireles 42,851 0,538 5 11 Ricardo Passos 14 07,61 42,878 5 13 Luis Duarte 42,772 0,342
6 08 Gustavo Gonçalves 42,860 0,547 6 08 Gustavo Gonçalves 14 07,75 42,819 6 18 Fernando Charais 42,804 0,374
7 11 Ricardo Passos 42,863 0,550 7 15 Jorge Meireles 14 08,47 42,818 7 15 Jorge Meireles 42,818 0,388
8 19 Rui Almeida 42,923 0,610 8 13 Luis Duarte 14 10,05 42,772 8 08 Gustavo Gonçalves 42,819 0,389
9 13 Luis Duarte 42,940 0,627 9 19 Rui Almeida 14 10,87 42,862 9 19 Rui Almeida 42,862 0,432
10 09 Renato Afonso 42,953 0,640 10 01 Luis Oliveira 14 11,10 42,609 10 11 Ricardo Passos 42,878 0,448
11 01 Luis Oliveira 42,990 0,677 11 16 Hugo Carvalhido 14 12,74 43,019 11 16 Hugo Carvalhido 43,019 0,589
12 16 Hugo Carvalhido 43,169 0,856 12 09 Renato Afonso 14 13,77 43,097 12 09 Renato Afonso 43,097 0,667
13 10 Joaquim Oliveira 43,397 1,084 13 10 Joaquim Oliveira 14 17,22 43,366 13 03 Roberto Costa 43,250 0,820
14 17 Paulo Costa 43,467 1,154 14 03 Roberto Costa 14 20,60 43,250 14 17 Paulo Costa 43,284 0,854
15 12 Luis Gachineiro 43,524 1,211 15 07 Natanael Neiva 14 24,72 43,308 15 07 Natanael Neiva 43,308 0,878
16 07 Natanael Neiva 43,599 1,286 16 12 Luis Gachineiro 14 34,71 43,755 16 10 Joaquim Oliveira 43,366 0,936
17 03 Roberto Costa 43,818 1,505 17 04 José Ambrosio 14 45,69 45,099 17 12 Luis Gachineiro 43,755 1,325
18 02 Luis Cunha 44,058 1,745 18 17 Paulo Costa 8 6 Laps 43,284 18 02 Luis Cunha 44,105 1,675
19 04 José Ambrosio 45,300 2,987 19 02 Luis Cunha 7 7 Laps 44,105 19 04 José Ambrosio 45,099 2,669

 

No aproveitar é que está o ganho e o REI estava no sítio certo à hora certa para vencer a segunda manga

 O Rukyman tem vindo a subir de forma, venceu pela primeira vez esta época e está definitivamente na luta pelo TOP SIX

 Duarte Lopes estreou-se nos ASES, poderia ter vencido, mas ainda assim deixou a sua marca ao obter o recorde do traçado

O "ICEMAN" esteve tudo menos... ICE

 

Finalmente uma prova sem casos para Diogo Sousa e com isso, a entrar na luta pelo TOP SIX

 

Grão a grão enche a galinha o papo, lá diz o ditado e Fernando Charais continua a sua excelente caminhada no troféu, obtendo mais dois quartos lugares

 

Depois da sua primeira vitória nos ASES, Pedro Nunes voltou ao pódio

 

Gustavo Gonçalves tem tido uma época irregular, mas nesta quinta jornada obteve um bom conjunto de resultados

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES