por Rui Almeida

17 DE SETEMBRO 2015

 

 

RUI ALMEIDA ENTRA NA LUTA PELO ACESSO À TIT

Iceman é quem mais pontua

Luís Fernandes também vence e mantém liderança

Pedro Sousa atrasa-se na corrida ao título

 

 

Com o final do período de férias, os ASES prosseguiram o seu campeonato no último fim-de-semana, arrancando para as três provas finais. Serão seguramente seis corridas com muito para decidir.

Esta prova marcou o regresso de alguns ilustres: Dois “Hall of Fame” dos ASES – Luís Cunha e Ruben Azevedo. O primeiro cuja última presença tinha sido em 2009 e Ruben Azevedo, que tinha feito umas aparições esporádicas, a última das quais em 2014.

Surgiu ainda Hugo Martins, um piloto rápido que conseguiu resultados interessantes nos ASES, entre as quais uma vitória no já longínquo ano de 2006!

Resolveu regressar agora e fê-lo demonstrando já um bom andamento. Certamente com mais rodagem e teremos piloto para lutar novamente pelas vitórias.

Esta jornada voltou a contar com muitos pilotos – 29 e voltou a ser muito competitiva.

Naturalmente que os quatro “mosqueteiros” que lutam pelo título, não podiam baixar a guarda e com excepção de Pedro Sousa - a quem saiu a fava nesta jornada e deverá ter ficado fora da discussão, os outros 3 cumpriram e obtiveram resultados muito equilibrados entre si.

A outra luta não menos importante, é a que dá acesso aos dois únicos lugares livres para a TIT 2016 e também aqui houve quem ganhou, houve quem reentrou e claro, também quem saiu a perder.

 

CORRIDA 1

Rui Almeida acordou finalmente do pesadelo em que caiu praticamente desde o início do ano e arrancou para uma jornada de grandes resultados.

Com Luís Fernandes, Iceman e Pedro Sousa presentes nesta manga, o “matreiro” colocou todos em sentido, não deu veleidades a ninguém dominando treinos e corrida com relativa tranquilidade.

Boa prova para o Iceman que ultrapassou Fernandes e Sousa durante a corrida para terminar em segundo, enquanto Pedro Sousa que também superou Luis Fernandes, fechou o pódio.

Excelente operação para Rui Almeida, já que dos muitos pilotos que lutam por uma presença na TIT, o melhor foi Gustavo Gonçalves, que até tinha sido segundo nos treinos, mas depois em prova não conseguiu confirmar o resultado e fechou em quinto.

 

CORRIDA 1
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 18 Rui Almeida 1:12,582 0,000 1 18 Rui Almeida 8 0,00 1:11,862 1 02 Iceman 1:11,743 0,000
2 17 Gustavo Gonçalves 1:12,946 0,364 2 02 Iceman 8 02,02 1:11,743 2 18 Rui Almeida 1:11,862 0,119
3 19 Luis Fernandes 1:13,085 0,503 3 05 Pedro Sousa 8 03,68 1:12,010 3 19 Luis Fernandes 1:11,910 0,167
4 02 Iceman 1:13,122 0,540 4 19 Luis Fernandes 8 05,70 1:11,910 4 07 Reinaldo Fonseca 1:12,009 0,266
5 05 Pedro Sousa 1:13,226 0,644 5 17 Gustavo Gonçalves 8 07,11 1:12,109 5 05 Pedro Sousa 1:12,010 0,267
6 07 Reinaldo Fonseca 1:13,365 0,783 6 15 António Garcia 8 11,89 1:12,716 6 04 Vitor Fernandes 1:12,023 0,280
7 04 Vitor Fernandes 1:13,393 0,811 7 01 António Novo 8 18,02 1:13,422 7 17 Gustavo Gonçalves 1:12,109 0,366
8 15 António Garcia 1:14,091 1,509 8 11 João Veiga 8 18,30 1:13,300 8 15 António Garcia 1:12,716 0,973
9 20 Fernando Charais 1:14,242 1,660 9 07 Reinaldo Fonseca 8 18,62 1:12,009 9 20 Fernando Charais 1:12,900 1,157
10 03 Joaquim Oliveira 1:14,381 1,799 10 20 Fernando Charais 8 18,92 1:12,900 10 06 Hugo Martins 1:13,158 1,415
11 01 António Novo 1:14,716 2,134 11 13 Ricardo Passos 8 27,14 1:14,295 11 11 João Veiga 1:13,300 1,557
12 11 João Veiga 1:14,846 2,264 12 10 Renato Bastos 8 27,38 1:13,907 12 01 António Novo 1:13,422 1,679
13 13 Ricardo Passos 1:14,997 2,415 13 12 Marco Azevedo 8 29,12 1:13,970 13 14 Miguel Lopes 1:13,443 1,700
14 12 Marco Azevedo 1:15,034 2,452 14 08 Ruben Azevedo 8 30,01 1:13,858 14 03 Joaquim Oliveira 1:13,522 1,779
15 16 Paulo Andrade 1:15,162 2,580 15 04 Vitor Fernandes 8 30,61 1:12,023 15 08 Ruben Azevedo 1:13,858 2,115
16 10 Renato Bastos 1:15,309 2,727 16 03 Joaquim Oliveira 8 41,46 1:13,522 16 10 Renato Bastos 1:13,907 2,164
17 08 Ruben Azevedo 1:15,746 3,164 17 16 Paulo Andrade 8 49,58 1:14,158 17 12 Marco Azevedo 1:13,970 2,227
18 06 Hugo Martins 1:15,819 3,237 18 14 Miguel Lopes 8 50,43 1:13,443 18 16 Paulo Andrade 1:14,158 2,415
19 14 Miguel Lopes 1:15,928 3,346 19 06 Hugo Martins 8 56,82 1:13,158 19 13 Ricardo Passos 1:14,295 2,552

CORRIDA 2

Saiu de cena Luis Fernandes e entrou João Moreira, enquanto na luta pela TIT entravam Vitor Fernandes e Pedro Nunes, pilotos que defendiam os seus 5º e 6º lugares do campeonato.

O Iceman fez a pole, demonstrando excelente forma continuada e venceu a corrida, situação que acontece pela terceira jornada consecutiva.

João Moreira foi segundo depois de ultrapassar no arranque Rui Almeida que tinha sido segundo nos treinos.

A confirmar o resultado da primeira manga, Almeida pressionou Moreira durante toda a corrida, os pilotos chegaram a rodar lado a lado, mas Moreira conseguiu sempre manter o seu precioso segundo lugar, deixando o prémio de consolação (a melhor volta) para Almeida que fechou o pódio.

Com este resultado Almeida reentrou na luta pela TIT, situação que já só ele acreditava ser possível e ainda beneficiou dos maus resultados de Pedro Nunes e Vitor Fernandes.

Reinaldo Fonseca que foi quarto, também se aproximou dos lugares ilegíveis tornando as duas últimas jornadas um espectáculo a não perder.

 

CORRIDA 2
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 06 Iceman 1:11,510 0,000 1 06 Iceman 8 0,00 1:11,416 1 08 Rui Almeida 1:11,327 0,000
2 08 Rui Almeida 1:11,562 0,052 2 16 João Moreira 8 01,09 1:11,422 2 11 Reinaldo Fonseca 1:11,363 0,036
3 16 João Moreira 1:11,654 0,144 3 08 Rui Almeida 8 01,81 1:11,327 3 06 Iceman 1:11,416 0,089
4 11 Reinaldo Fonseca 1:12,139 0,629 4 11 Reinaldo Fonseca 8 03,75 1:11,363 4 16 João Moreira 1:11,422 0,095
5 05 Diogo Sousa 1:12,241 0,731 5 05 Diogo Sousa 8 05,30 1:11,883 5 05 Diogo Sousa 1:11,883 0,556
6 13 João Veiga 1:12,598 1,088 6 13 João Veiga 8 08,21 1:12,222 6 13 João Veiga 1:12,222 0,895
7 03 Vitor Fernandes 1:12,661 1,151 7 17 Pedro Cunha 8 10,36 1:12,563 7 02 Luis Cunha 1:12,224 0,897
8 01 Renato Afonso 1:12,908 1,398 8 19 Pedro Nunes 8 12,82 1:12,463 8 19 Pedro Nunes 1:12,463 1,136
9 17 Pedro Cunha 1:13,104 1,594 9 01 Renato Afonso 8 13,59 1:12,540 9 04 Fernando Gomes 1:12,512 1,185
10 02 Luis Cunha 1:13,121 1,611 10 03 Vitor Fernandes 8 14,00   10 01 Renato Afonso 1:12,540 1,213
11 19 Pedro Nunes 1:13,146 1,636 11 02 Luis Cunha 8 15,17 1:12,224 11 17 Pedro Cunha 1:12,563 1,236
12 12 Alvaro Bessa 1:13,250 1,740 12 04 Fernando Gomes 8 16,38 1:12,512 12 12 Alvaro Bessa 1:12,996 1,669
13 04 Fernando Gomes 1:13,297 1,787 13 20 Nuno Gonçalves 8 25,03 1:13,335 13 20 Nuno Gonçalves 1:13,335 2,008
14 20 Nuno Gonçalves 1:13,325 1,815 14 09 Joaquim Oliveira 8 26,39 1:13,750 14 15 Miguel Lopes 1:13,500 2,173
15 15 Miguel Lopes 1:13,694 2,184 15 15 Miguel Lopes 8 26,69 1:13,500 15 18 Paulo Andrade 1:13,710 2,383
16 09 Joaquim Oliveira 1:13,772 2,262 16 07 Ruben Azevedo 8 30,45 1:13,940 16 09 Joaquim Oliveira 1:13,750 2,423
17 18 Paulo Andrade 1:13,929 2,419 17 10 Marcio Moreira 8 42,06 1:13,809 17 10 Marcio Moreira 1:13,809 2,482
18 10 Marcio Moreira 1:14,150 2,640 18 12 Alvaro Bessa 8 48,54 1:12,996 18 07 Ruben Azevedo 1:13,940 2,613
19 07 Ruben Azevedo 1:14,843 3,333 19 18 Paulo Andrade 8 1:01,79 1:13,710 19 03 Vitor Fernandes    

CORRIDA 3

Luis Fernandes não se sentiu intimidado com o quarto lugar da corrida 1 e dominou completamente esta manga, obtendo o máximo de pontos possível.

João Moreira saiu a seu lado da grelha de partida, mas foi surpreendido por um Fernando Gomes, piloto que corre habitualmente na Universidade do Minho e que quase estragava a jornada a Moreira. Foi mesmo na última volta que Moreira conseguiu suplantar um já muito cansado Gomes e dessa forma minimizar as perdas na luta pelo título.

A fava parece que saltou de Rui Almeida para Pedro Sousa e este viu-se relegado para o último lugar. O piloto conseguiu ainda recuperar muitas posições na corrida, mas para quem luta pelo título qualquer resultado fora de um “top five” é quase sempre para deitar fora.

A assistir e com um largo sorriso estavam Rui Almeida e Reinaldo Fonseca que viram Gustavo Gonçalves ser o melhor daqueles que lutam pelo acesso à TIT, mas apenas num sétimo lugar.

CORRIDA 3
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 17 Luis Fernandes 1:11,598 0,000 1 17 Luis Fernandes 8 0,00 1:11,450 1 17 Luis Fernandes 1:11,450 0,000
2 15 João Moreira 1:11,737 0,139 2 15 João Moreira 8 02,54 1:11,560 2 15 João Moreira 1:11,560 0,110
3 03 Fernando Gomes 1:11,894 0,296 3 03 Fernando Gomes 8 03,46 1:11,662 3 03 Fernando Gomes 1:11,662 0,212
4 07 Diogo Sousa 1:11,996 0,398 4 04 António Garcia 8 06,66 1:11,930 4 04 António Garcia 1:11,930 0,480
5 12 Fernando Charais 1:12,192 0,594 5 16 Luis Cunha 8 07,27 1:11,786 5 16 Luis Cunha 1:11,786 0,336
6 04 António Garcia 1:12,250 0,652 6 09 Hugo Martins 8 09,72 1:12,160 6 09 Hugo Martins 1:12,160 0,710
7 16 Luis Cunha 1:12,310 0,712 7 19 Gustavo Gonçalves 8 12,12 1:12,302 7 19 Gustavo Gonçalves 1:12,302 0,852
8 08 Nuno Gonçalves 1:12,422 0,824 8 08 Nuno Gonçalves 8 12,32 1:12,300 8 08 Nuno Gonçalves 1:12,300 0,850
9 19 Gustavo Gonçalves 1:12,719 1,121 9 13 Pedro Sousa 8 14,17 1:11,868 9 13 Pedro Sousa 1:11,868 0,418
10 11 Antonio Novo 1:12,751 1,153 10 02 Alvaro Bessa 8 18,09 1:12,717 10 02 Alvaro Bessa 1:12,717 1,267
11 09 Hugo Martins 1:12,850 1,252 11 10 Pedro Nunes 8 22,39 1:13,024 11 10 Pedro Nunes 1:13,024 1,574
12 02 Alvaro Bessa 1:12,890 1,292 12 18 Renato Bastos 8 23,90 1:13,060 12 18 Renato Bastos 1:13,060 1,610
13 05 Ricardo Passos 1:12,896 1,298 13 07 Diogo Sousa 8 24,04 1:11,876 13 07 Diogo Sousa 1:11,876 0,426
14 18 Renato Bastos 1:13,271 1,673 14 20 Marco Azevedo 8 33,35 1:14,322 14 20 Marco Azevedo 1:14,322 2,872
15 06 Renato Afonso 1:13,306 1,708 15 01 Marcio Moreira 8 36,97 1:13,296 15 01 Marcio Moreira 1:13,296 1,846
16 10 Pedro Nunes 1:13,323 1,725 16 05 Ricardo Passos 8 37,91 1:12,895 16 05 Ricardo Passos 1:12,895 1,445
17 14 Pedro Cunha 1:13,455 1,857 17 14 Pedro Cunha 8 42,38 1:13,301 17 14 Pedro Cunha 1:13,301 1,851
18 01 Marcio Moreira 1:13,656 2,058 18 06 Renato Afonso 8 42,67 1:12,209 18 06 Renato Afonso 1:12,209 0,759
19 13 Pedro Sousa 1:13,886 2,288 19 12 Fernando Charais 8 56,43 1:11,831 19 12 Fernando Charais 1:11,831 0,381
20 20 Marco Azevedo 1:15,681 4,083 20 11 Antonio Novo 1  7 laps 2:36,710 20 11 Antonio Novo 2:36,710  

 

COMO FICARAM AS CONTAS?

Com quatro corridas para disputar, ou seja 840 pontos, tudo ainda é possível, mesmo para Pedro Sousa!

No entanto a regra zero na luta pelo título é a consistência de resultados e todos eles têm de ser resultados de pódio!

Apesar da excelente época, o problema de Sousa é a falta de vitórias. Sousa tem 10 resultados no top five o que é excelente, mas… não tem vitórias.

Pelo contrário, Luís Fernandes tem 10 pódios, 7 dos quais no lugar mais alto!

Isso faz toda a diferença, mesmo para o Iceman e para João Moreira.

Portanto, a próxima prova vai clarificar esta luta, ou seja, em caso de vantagem para Fernandes, quase arruma as contas a seu favor. Se pelo contrário, Iceman e Moreira dividirem as vitórias entre si, se ganharem pontos a Fernandes, tudo se decidirá na última prova.

Pedro Sousa e os pilotos que lutam pelo acesso à TIT terão um papel decisivo nesta luta, pois poderão intrometer-se entre estes pilotos e com isso roubar preciosos pontos a quem mais precisar deles!

 

Quanto à TIT, o maior ganhador da jornada foi naturalmente Rui Almeida que deu um salto enorme na classificação, ganhando pontos a todo a gente.

Perdido no 14º lugar, subiu agora para o nono lugar, mas mais importante do que isso é a distância para a frente, bem como os resultados válidos e aqueles que se vão deitar fora.

Almeida está a 145 pontos do 5º lugar e com apenas 40 pontos para deitar fora.

Gustavo Gonçalves também deu um bom salto na classificação de fora do top ten para o oitavo lugar a pouco menos de 80 pontos de Vitor Fernandes.

O terceiro ganhador foi Reinaldo Fonseca. Embora continue no 7º lugar, Fonseca está agora muito mais perto de Vitor Fernandes e Pedro Nunes.

Estes por sua vez, foram os maiores perdedores, já que obtiveram dos piores resultados que alcançaram esta época e estão agora à mercê dos seus principais adversários.

É difícil, face ao número e à qualidade dos intervenientes dizer quantos estão nesta luta e principalmente fazer apostas nos dois que serão eleitos.

Claro que candeia que vai à frente tem vantagem, mas quando o 10º classificado –Nuno Gonçalves está a somente 150 pontos do 5º lugar, ninguém está ainda garantido.

A 10 de Outubro, a luz ao fundo do túnel começará a ser vista por menos gente… ou talvez não! 

________________________________________________________________________________________________________

 

Rui Almeida foi o maior ganhador da jornada, entrando na discussão pelos dois lugares ainda não atribuídos no acesso à TIT

 

Reinaldo Fonseca também saiu ganhador, estando agora bem mais perto do objectivo TIT

 

Vitor Fernandes está a fazer um optimo trofeu dos ASES onde inclusivamente já venceu, mas nesta prova não foi feliz

 

Desde a 3ª jornada que o jovem Iceman só conhece os lugares do pódio, tendo sido quase sempre o mais pontuado

 

No entanto, o Campeão Fernandes é quem comanda e continua o candidato mais forte ao título

 

O troféu dos ASES é difícil, principalmente para os estreantes, mas Joaquim Oliveira começa a colher frutos, conseguindo o seu primeiro ponto extra

 

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES