por Rui Almeida

18 DE MAIO 2015

 

DUPLA VITÓRIA DE JOÃO MOREIRA

Aproxima-o de Luís Fernandes

 

Na sequência das duas primeiras provas, a terceira jornada dos ASES 2015 não fugiu à regra e para além de voltar a contar com uma recheada lista de inscritos - 29 pilotos, o nível competitivo continua muito alto.

A situação é tal que aqueles que sempre se habituaram a disputar as vitórias e/ou os primeiros lugares, estão agora a esforçar-se para conseguir chegar a um top six (o acesso a uma qualificação para a TIT), o caso de Rui Miranda, Rui Almeida ou ainda mais atrás - Reinaldo Fonseca.

Por outro lado, uma nova vaga de pilotos está a mostrar forte andamento e neste particular, o expoente máximo tem sido Pedro Sousa que ocupa para já o quarto lugar do campeonato e já quase cheira a sua primeira vitória entre os Ases.

Claro que ainda há muito campeonato e por isso mesmo nada está ganho ou perdido para ninguém.

Ainda assim, quem não perde concentração nem comete erros, são os três primeiros da geral - Luís Fernandes, João Moreira e ainda Ruky Iceman, têm conseguido quase invariavelmente os primeiros lugares nas provas.

Nesta terceira jornada e a confirmar o excelente arranque de campeonato, bem como o excelente momento de forma que atravessa, o grande dominador foi João Moreira.

Venceu as suas duas mangas, fez também duas poles e só falhou numa de duas possíveis melhores voltas em corrida.

Com este resultado, aproximou-se de Luís Fernandes e mostrou ao campeão que terá de estar bem mais atento nas próximas provas.

O traçado usado foi aquele que é o mais rápido que (para já) é possível utilizar nas muitas combinações do KIVI e a telemetria usada por Rui Almeida mostrou dados surpreendentes:

Para começar, uma velocidade média superior a 55km/h e uma velocidade de ponta a rondar os 86km/h!

Na recta oposta à da meta, onde se atingiu a maior velocidade de ponta, o kart fez 85,9, enquanto na zona que vem de trás do pavilhão até à travagem forte à esquerda, o kart fez 79,8 km/h. Muito rápido e… muito gozo.

Por outro lado, a telemetria também comprovou de certa forma as "queixas" dos pilotos que desta vez foram em maior número.

A frota tem estado um primor é certo, mas este traçado, por ser muito rápido, acaba por evidenciar as naturais diferenças que existem sempre entre os karts e claro, há sempre uns mais felizes que outros. É normal.

O segundo kart usado mostrou isso mesmo, ao não fazer mais do que 83km/h certos na sua melhor volta, enquanto no segundo ponto mais rápido ainda foi mais lento - 75,6km/h.

 

CORRIDA 1

 

Vitória fácil para João Moreira que largou da pole e foi abrindo de todos os seus adversários.

Por seu lado Ruky Iceman teve de estar muito concentrado para suster os ataques de Pedro Nunes que completou o pódio e ambos protagonizaram o único motivo de expectativa em relação à corrida.

Boa prova e mais uma excelente demonstração de Pedro Sousa que largou praticamente do fim da grelha e terminou no quarto lugar.

 

CORRIDA 1
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 08 João Moreira 42,920 0,000 1 08 João Moreira 14 0,00 42,810 1 08 João Moreira 42,810 0,000
2 20 Iceman 43,010 0,090 2 20 Iceman 14 03,00 43,130 2 01 Pedro Nunes 42,860 0,050
3 01 Pedro Nunes 43,190 0,270 3 01 Pedro Nunes 14 03,66 42,860 3 13 Pedro Sousa 42,920 0,110
4 03 Pedro Soares 43,250 0,330 4 13 Pedro Sousa 14 05,19 42,920 4 20 Iceman 43,130 0,320
5 19 Rui Almeida 43,380 0,460 5 19 Rui Almeida 14 08,87 43,410 5 15 Fernando Charais 43,260 0,450
6 15 Fernando Charais 43,460 0,540 6 03 Pedro Soares 14 11,40 43,380 6 03 Pedro Soares 43,380 0,570
7 14 Pedro Cunha 43,490 0,570 7 07 Aires Azevedo 14 12,18 43,390 7 07 Aires Azevedo 43,390 0,580
8 07 Aires Azevedo 43,530 0,610 8 14 Pedro Cunha 14 18,92 43,670 8 19 Rui Almeida 43,410 0,600
9 16 Gustavo Gonçalves 43,670 0,750 9 16 Gustavo Gonçalves 14 19,43 44,040 9 12 Manuel Fonseca 43,560 0,750
10 11 Reinaldo Fonseca 43,790 0,870 10 12 Manuel Fonseca 14 19,52 43,560 10 09 Luis Mota 43,610 0,800
11 10 Vitor Fernandes 43,860 0,940 11 15 Fernando Charais 14 19,82 43,260 11 14 Pedro Cunha 43,670 0,860
12 12 Manuel Fonseca 43,890 0,970 12 04 João Veiga 14 23,43 43,840 12 10 Vitor Fernandes 43,760 0,950
13 09 Luis Mota 43,930 1,010 13 11 Reinaldo Fonseca 14 25,24 43,870 13 04 João Veiga 43,840 1,030
14 04 João Veiga 44,400 1,480 14 17 Renato Afonso 14 26,56 43,940 14 11 Reinaldo Fonseca 43,870 1,060
15 02 Marcio Moreira 44,420 1,500 15 10 Vitor Fernandes 14 35,69 43,760 15 02 Marcio Moreira 43,910 1,100
16 13 Pedro Sousa 44,550 1,630 16 18 Miguel Lopes 14 37,71 44,760 16 17 Renato Afonso 43,940 1,130
17 06 Joaquim Oliveira 44,560 1,640 17 09 Luis Mota 14 39,49 43,610 17 16 Gustavo Gonçalves 44,040 1,230
18 17 Renato Afonso 44,950 2,030 18 06 Joaquim Oliveira 13 1 Lap 44,960 18 18 Miguel Lopes 44,760 1,950
19 18 Miguel Lopes 45,160 2,240 19 02 Marcio Moreira 7 7 Laps 43,910 19 06 Joaquim Oliveira 44,960 2,150

CORRIDA 2

Na segunda manga entrava o Campeão e líder do campeonato Luís Fernandes, mas foi Ruky Iceman que começou melhor ao alcançar a pole-position.

Mas dada a partida Luís Fernandes percebeu rapidamente que o Iceman não era mais que “pólvora seca” e logo no início da segunda volta assumiu a liderança e despediu-se de toda a gente.

Afinal o Iceman não estava assim tão forte e tivesse Aires Azevedo conseguido também desenvencilhar-se mais depressa dele e provavelmente teria dado forte luta a Fernandes. Os andamentos eram equivalentes, mas Fernandes já tinha aberto perto de 3 segundos.

Grande regresso de Alex Gonçalves aos ASES após a sua última visita que datava de Fevereiro de 2006 - 9 anos!!

Desde o arranque que o 4º lugar foi seu, mas a perda de andamento do Iceman quase lhe garantiu o terceiro lugar. Os pilotos terminaram a prova lado a lado e a diferença foi de 4 centésimos de segundo.

CORRIDA 2
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 13 Iceman 43,040 0,000 1 15 Luis Fernandes 14 00:00,0 42,966 1 15 Luis Fernandes 42,966 0,000
2 15 Luis Fernandes 43,220 0,180 2 05 Aires Azevedo 14 03,23 43,030 2 05 Aires Azevedo 43,030 0,064
3 05 Aires Azevedo 43,420 0,380 3 13 Iceman 14 06,04 43,103 3 16 Rui Miranda 43,102 0,136
4 08 Alex Gonçalves 43,501 0,461 4 08 Alex Gonçalves 14 06,08 43,410 4 13 Iceman 43,103 0,137
5 04 Pedro Soares 43,503 0,463 5 04 Pedro Soares 14 06,44 43,429 5 09 Jorge Meireles 43,317 0,351
6 01 Vitor Fernandes 43,700 0,660 6 16 Rui Miranda 14 06,76 43,102 6 17 Reinaldo Fonseca 43,386 0,420
7 17 Reinaldo Fonseca 43,730 0,690 7 01 Vitor Fernandes 14 09,66 43,386 7 01 Vitor Fernandes 43,386 0,420
8 12 João Veiga 43,732 0,692 8 07 Diogo Sousa 14 10,57 43,447 8 08 Alex Gonçalves 43,410 0,444
9 03 Gustavo Gonçalves 43,760 0,720 9 09 Jorge Meireles 14 12,81 43,317 9 04 Pedro Soares 43,429 0,463
10 07 Diogo Sousa 43,780 0,740 10 03 Gustavo Gonçalves 14 15,24 43,952 10 07 Diogo Sousa 43,447 0,481
11 09 Jorge Meireles 43,782 0,742 11 12 João Veiga 14 15,52 43,923 11 02 António Novo 43,532 0,566
12 16 Rui Miranda 43,830 0,790 12 02 António Novo 14 16,44 43,532 12 14 Pedro Nunes 43,632 0,666
13 14 Pedro Nunes 43,850 0,810 13 17 Reinaldo Fonseca 14 16,47 43,386 13 20 Ricardo Passos 43,756 0,790
14 02 António Novo 43,860 0,820 14 11 Renato Bastos 14 23,08 44,265 14 19 Cristiano Amaro 43,883 0,917
15 11 Renato Bastos 43,990 0,950 15 12 Nuno Gonçalves 14 24,80 44,054 15 12 João Veiga 43,923 0,957
16 20 Ricardo Passos 44,060 1,020 16 14 Pedro Nunes 14 27,18 43,632 16 03 Gustavo Gonçalves 43,952 0,986
17 12 Nuno Gonçalves 44,100 1,060 17 20 Ricardo Passos 14 38,52 43,756 17 12 Nuno Gonçalves 44,054 1,088
18 19 Cristiano Amaro 44,460 1,420 18 10 Marcio Moreira 14 42,03 44,102 18 10 Marcio Moreira 44,102 1,136
19 10 Marcio Moreira 44,770 1,730 19 06 Miguel Lopes 13 1 Lap 44,266 19 11 Renato Bastos 44,265 1,299
20 06 Miguel Lopes 44,920 1,880 20 19 Cristiano Amaro 12 2 Laps 43,883 20 06 Miguel Lopes 44,266 1,300

 

CORRIDA 3

 

E à terceira prova do campeonato, alguém derrotou finalmente Luís Fernandes.

João Moreira começou o campeonato cheio de pressa em mostrar serviço e a falta de calma custou-lhe pontos, mas rectificou rapidamente na segunda jornada. Só não tinha conseguido bater o Campeão.

Agora foi diferente:

Tal como na primeira manga, Moreira fez a pole, arrancou na frente e controlou a prova, vencendo tranquilamente.

Desta vez, quem se distraiu foi Luís Fernandes que foi surpreendido por mais dois pilotos e só fez quarto nos treinos!

Alex Gonçalves, mais uma vez surpreendeu ao alcançar o segundo tempo nos treinos. Não é que não se lhe reconheça qualidades e andamento para isso, mas o facto de ser tudo a estrear, só abona a seu favor e evidencia mais ainda as qualidades que todos lhe reconhecem.

Infelizmente não foi feliz durante a prova e acabou por desistir com um problema nos travões.

Por seu lado, Jorge Meireles que foi o terceiro elemento a surpreender Fernandes nos treinos, acabou por perder o bico, atrasando-se e permitindo a Luís Fernandes um tranquilo segundo lugar que serviu os seus propósitos em relação ao campeonato.

O último lugar do pódio foi parar ao regressado Fernando Charais.

CORRIDA 3
TREINOS CORRIDA BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 07 João Moreira 43,040 0,000 1 07 João Moreira 14 00:00,0 43,118 1 04 Luis Fernandes 43,012 0,046
2 05 Alex Gonçalves 43,220 0,180 2 04 Luis Fernandes 14 01,86 43,012 2 07 João Moreira 43,118 0,152
3 08 Jorge Meireles 43,420 0,380 3 01 Fernando Charais 14 06,35 43,420 3 15 Manuel Fonseca 43,149 0,183
4 04 Luis Fernandes 43,501 0,461 4 19 Pedro Sousa 14 09,12 43,328 4 19 Pedro Sousa 43,328 0,362
5 18 Rui Miranda  43,503 0,463 5 11 Diogo Sousa 14 09,20 43,398 5 08 Jorge Meireles 43,359 0,393
6 01 Fernando Charais 43,700 0,660 6 15 Manuel Fonseca 14 10,72 43,149 6 11 Diogo Sousa 43,398 0,432
7 13 Rui Almeida 43,730 0,690 7 13 Rui Almeida 14 13,84 43,651 7 01 Fernando Charais 43,420 0,454
8 19 Pedro Sousa 43,732 0,692 8 10 Pedro Cunha 14 15,65 43,752 8 12 António Novo 43,569 0,603
9 11 Diogo Sousa 43,760 0,720 9 08 Jorge Meireles 14 17,84 43,359 9 13 Rui Almeida 43,651 0,685
10 06 Renato Afonso 43,780 0,740 10 12 António Novo 14 19,07 43,569 10 09 Cristiano Amaro 43,653 0,687
11 16 Luis Mota 43,782 0,742 11 06 Renato Afonso 14 20,50 43,695 11 06 Renato Afonso 43,695 0,729
12 02 Nuno Gonçalves 43,830 0,790 12 14 Renato Bastos 14 22,93 43,875 12 05 Alex Gonçalves 43,744 0,778
13 10 Pedro Cunha 43,850 0,810 13 16 Luis Mota 14 28,90 43,886 13 10 Pedro Cunha 43,752 0,786
14 15 Manuel Fonseca 43,860 0,820 14 03 Ricardo Passos 14 38,28 44,495 14 18 Rui Miranda  43,829 0,863
15 14 Renato Bastos 43,990 0,950 15 17 Joaquim Oliveira 14 2 Laps 43,883 15 14 Renato Bastos 43,875 0,909
16 09 Cristiano Amaro 44,060 1,020 16 09 Cristiano Amaro 13 1 Lap 43,653 16 17 Joaquim Oliveira 43,883 0,917
17 12 António Novo 44,100 1,060 17 05 Alex Gonçalves 6 8Laps 43,744 17 16 Luis Mota 43,886 0,920
18 03 Ricardo Passos 44,460 1,420 18 18 Rui Miranda  3 11 Laps 43,829 18 03 Ricardo Passos 44,495 1,529
19 17 Joaquim Oliveira 44,920 1,880 19 02 Nuno Gonçalves 2 12 Laps 48,633 20 02 Nuno Gonçalves 48,633 5,667

Em termos de campeonato Luís Fernandes continua bem na frente e com excelente conjunto de resultados.

No entanto João Moreira aproximou-se e equilibrou um pouco a balança.

O Rukyman ainda está perto, mas tem de começar a vencer com a regularidade dos dois primeiros.

Quanto aos restantes, apesar de ainda haver muito campeonato, no que toca ao título, as contas começam a ficar difíceis e começam a entrar naquele ponto em que a dependência de quem vai à frente, começa a fazer-se notar.

 

Luís Fernandes continua a controlar bem as corridas - quando não se pode ganhar, minimizasse os prejuízos

 

João Moreira está ainda mais calmo e tranquilo e por isso a "pressão" de vencer passou ao lado

 

O Iceman tem demonstrado forte andamento, mas está a faltar qualquer coisa para chegar aos dois primeiros

 

Pedro Sousa é a grande revelação do troféu 2015 dos ASES. Forte andamento, muita concentração e maturidade. Adivinha-se uma vitória para breve!

 

Com pezinhos de lã, Aires Azevedo vai levando a água ao seu moinho. Dois pódios e um bom conjunto de resultados vão dando para o 5ª lugar actual

 

Pedro Nunes completa o TOP SIX actual do troféu dos ASES. Mais uma súbida ao pódio

 

Alex Gonçalves esteve em muito bom nível neste seu regresso aos ASES

 

Rui Miranda tem vindo a perder algum fulgor e já caiu para sétimo lugar

Mas a queda maior foi de Nuno Gonçalves que desceu para 10º lugar!

Bonito, muito bonito ver uma gralha assim

 

Mais fotos no FACEBOOK aqui neste link:

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES