por Rui Almeida

 

18 DE JULHO 2014

 

 

PEDRO SOARES ESTREIA-SE A VENCER

JOÃO VEIGA - PRIMEIRA POLE!

MUITAS ESTREIAS

 

Primeiro aniversário nos ASES para João Veiga comemorado em grande estilo

 

A prova que marcou a entrada na segunda metade do troféu 2014 dos ASES, foi um verdadeiro sucesso. Aliás e sendo sempre suspeito nesta afirmação, o troféu 2014 está a revelar-se altamente competitivo e interessante.

Karts bem preparados, andamento muito idêntico, corridas com grelhas bem preenchidas e competitivas, convívio entre todos muito saudável criam um ambiente absolutamente fantástico e… vencedores imprevisíveis.

Esta prova não fugiu à regra e a satisfação foi geral.

Pela primeira vez este ano, usou-se a união da pista interior com a exterior, num traçado que deixou toda a gente a pedir a repetição ainda neste campeonato e para os organizadores, a satisfação de ver a adesão de vários pilotos que estão a participar no Troféu Desafio Único, criando uma invejável lista de inscritos de 29 pilotos.

A grande surpresa - até porque também foi um dos principais animadores, foi o estreante Diogo Gonçalves, mas as suas origens e palmarés no kart explicam o bom andamento.

No entanto, o mais rápido nos primeiros treinos foi o seu adversário de longa data Ruky Iceman que fez valer a sua experiencia nestes karts.

Diogo foi segundo e o experiente João Moreira terceiro.

A corrida começou por ser uma luta a três, mas Diogo Gonçalves pagou o preço da pouca experiencia nesta pista e acabou vítima da sua natural vontade de vencer. Perdeu o bico do kart e acabou atrasado.

Nesta luta, João Moreira fez valer a sua calma e experiência para assumir a liderança, enquanto que o Iceman, apesar dos seus esforços teve de se contentar com o segundo lugar.

Fernando Charais foi um tranquilo terceiro classificado, enquanto que o Campeão Luís Fernandes, um pouco desinspirado nos treinos foi quarto fazendo ainda assim a melhor volta.

 

CORRIDA 1            
TREINOS CORRIDA   BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best   Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 07 Iceman 73,126 0,000 1 10 João Moreira 8 0,00 72,621   1 18 Luís Fernandes 72,081 0,000
2 02 Diogo Gonçalves 73,537 0,411 2 07 Iceman 8 1,13 72,571   2 01 Marco Ivan 72,278 0,197
3 10 João Moreira 73,556 0,430 3 15 Fernando Charais 8 1,70 72,567   3 15 Fernando Charais 72,567 0,486
4 05 Gustavo Gonçalves 73,584 0,458 4 18 Luís Fernandes 8 2,40 72,081   4 07 Iceman 72,571 0,490
5 15 Fernando Charais 73,586 0,460 5 01 Marco Ivan 8 3,42 72,278   5 10 João Moreira 72,621 0,540
6 18 Luís Fernandes 73,669 0,543 6 14 António Novo 8 10,17 74,004   6 05 Gustavo Gonçalves 72,854 0,773
7 14 António Novo 74,050 0,924 7 06 Jorge Meireles 8 12,90 74,002   7 02 Diogo Gonçalves 73,246 1,165
8 01 Marco Ivan 74,228 1,102 8 11 João Veiga 8 13,47 73,679   8 16 Tiago Pina 73,373 1,292
9 03 Renato Afonso 74,704 1,578 9 19 Pedro Oliveira 8 17,85 73,465   9 19 Pedro Oliveira 73,465 1,384
10 11 João Veiga 74,845 1,719 10 17 Pedro Cunha 8 19,20 73,847   10 03 Renato Afonso 73,590 1,509
11 06 Jorge Meireles 74,872 1,746 11 02 Diogo Gonçalves 8 20,42 73,246   11 11 João Veiga 73,679 1,598
12 16 Tiago Pina 74,981 1,855 12 05 Gustavo Gonçalves 8 20,89 72,854   12 17 Pedro Cunha 73,847 1,766
13 19 Pedro Oliveira 75,147 2,021 13 04 Carlos Gonçalves 8 22,63 74,574   13 06 Jorge Meireles 74,002 1,921
14 04 Carlos Gonçalves 75,709 2,583 14 16 Tiago Pina 8 31,54 73,373   14 14 António Novo 74,004 1,923
15 17 Pedro Cunha 75,831 2,705 15 08 Miguel Brugo 8 32,79 74,809   15 04 Carlos Gonçalves 74,574 2,493
16 09 Helder Freitas 77,519 4,393 16 03 Renato Afonso 8 49,20 73,590   16 08 Miguel Brugo 74,809 2,728
17 20 Pedro Monteiro 78,342 5,216 17 20 Pedro Monteiro 8 68,14 75,994   17 20 Pedro Monteiro 75,994 3,913
18 08 Miguel Brugo 79,289 6,163 18 12 Nelson Pereira 7 1 Lap 76,486   18 09 Helder Freitas 76,160 4,079
19 12 Nelson Pereira 79,494 6,368 19 09 Helder Freitas 2 6 Laps 76,160   19 12 Nelson Pereira 76,486 4,405
                                 

 

Os treinos para a segunda manga tiveram um João Veiga a surpreender todos ao estrear-se na obtenção de um pole-position. Quase que se poderia dizer que foi esta a forma que encontrou de comemorar o seu aniversário de ÁS, já que tinha acabado de fazer um ano de visitas ao nosso troféu, mas não. Veiga demonstrou posteriormente em corrida que o tempo não foi obra do acaso e se não fez melhor foi porque o nervosismo próprio da estreia na frente de uma corrida e a vontade de confirmar o bom andamento, acabaram por ser os seus principais inimigos.

O vencedor acabou por ser Ruky Iceman que em relação à primeira manga, trocou de posição com João Moreira, enquanto a velha raposa - Fernando Charais, voltou a ocupar o terceiro lugar do pódio.

Destaque para a boa estreia de António Garcia e de Álvaro Bessa que mostraram muito bom andamento apesar de serem pilotos bastante pesados.

 

CORRIDA 2            
TREINOS CORRIDA   BEST LAPS
Pos. Kart Piloto Tempo Dif. Pos. Kart Piloto Laps Dif. Best   Pos. Kart Piloto Best Dif.
1 17 João Veiga 71,877 0,000 1 18 Iceman 8 0,00 71,770   1 14 Fernando Charais 71,294 0,000
2 18 Iceman 72,129 0,252 2 06 João Moreira 8 0,30 71,407   2 06 João Moreira 71,407 0,113
3 14 Fernando Charais 72,171 0,294 3 14 Fernando Charais 8 1,71 71,294   3 01 Pedro Oliveira 71,468 0,174
4 01 Pedro Oliveira 72,183 0,306 4 01 Pedro Oliveira 8 2,38 71,468   4 18 Iceman 71,770 0,476
5 06 João Moreira 72,393 0,516 5 17 João Veiga 8 3,37 71,908   5 17 João Veiga 71,908 0,614
6 09 António Garcia 72,734 0,857 6 07 Aires Azevedo 8 10,98 72,750   6 10 Rui Almeida 72,176 0,882
7 07 Aires Azevedo 72,866 0,989 7 15 Pedro Soares 8 11,71 72,226   7 15 Pedro Soares 72,226 0,932
8 16 Gustavo Gonçalves 72,871 0,994 8 10 Rui Almeida 8 12,15 72,176   8 16 Gustavo Gonçalves 72,371 1,077
9 15 Pedro Soares 73,084 1,207 9 09 António Garcia 8 12,97 72,810   9 05 Nuno Gonçalves 72,443 1,149
10 10 Rui Almeida 73,129 1,252 10 16 Gustavo Gonçalves 8 13,18 72,371   10 20 Gonçalo Dantas 72,671 1,377
11 19 António Costa 73,659 1,782 11 19 António Costa 8 16,74 73,000   11 07 Aires Azevedo 72,750 1,456
12 05 Nuno Gonçalves 73,860 1,983 12 05 Nuno Gonçalves 8 17,10 72,443   12 09 António Garcia 72,810 1,516
13 08 Alvaro Bessa 74,688 2,811 13 11 Fernando Mendes 8 32,08 74,940   13 19 António Costa 73,000 1,706
14 03 Miguel Brugo 74,756 2,879 14 20 Gonçalo Dantas 8 34,66 72,671   14 08 Alvaro Bessa 73,304 2,010
15 20 Gonçalo Dantas 74,960 3,083 15 03 Miguel Brugo 8 45,35 73,605   15 03 Miguel Brugo 73,605 2,311
16 02 Helder Freitas 75,171 3,294 16 04 Pedro Monteiro 8 60,44 74,782   16 02 Helder Freitas 74,648 3,354
17 12 Nelsom Pereira 75,631 3,754 17 08 Alvaro Bessa 8 60,75 73,304   17 04 Pedro Monteiro 74,782 3,488
18 11 Fernando Mendes 76,213 4,336 18 12 Nelsom Pereira 8 68,76 76,073   18 11 Fernando Mendes 74,940 3,646
19 04 Pedro Monteiro 76,419 4,542 19 02 Helder Freitas 8 68,96 74,648   19 12 Nelsom Pereira 76,073 4,779
20 13 Afonso Sottomayor 80,789 8,912 20 13 Afonso Sottomayor 8 76,02 78,177   20 13 Afonso Sottomayor 78,177 6,883
                                 

 

Costuma-se dizer que quanto maior é a ascensão, maior é a queda! E na terceira manga, aqui o escriba foi o “Rei da Aselhice”.

A pista do KIVI não é propriamente uma pista fácil para ultrapassar, pois os karts são potentes, com saída fácil e rápida e as rectas não abundam.

No entanto, aqui o Rukyman conseguiu a proeza de ultrapassar sucessivamente Aires Azevedo – terceiro nos treinos, Pedro Soares que tinha obtido a pole-position e o surpreendente Diogo Gonçalves que tinha sido segundo nos treinos, mas entretanto tinha assumido a liderança.

Tudo indicava que a partir daí a vitória estaria no bolso e este cronista de ocasião começou a fazer contas de cabeça, já que mais uma vez Luís Fernandes estava atrasado no oitavo lugar e daí parecia não conseguir sair.

Mas se calhar as contas começaram a ser feitas cedo de mais, pois a distracção com contas e pontos que ia recuperar foi tanta que acabou por se despistar sozinho numa zona fácil.

Diogo Gonçalves que ainda vinha perto, foi apanhado de surpresa e não evitou o contacto, acabando os dois karts por ficarem presos um no outro.

Aselhice para mim, azar para o Diogo que merecia melhor sorte e resultado.

Com este episódio Pedro Soares reassumiu a liderança e estreou-se merecidamente a vencer nos ASES, conseguindo ainda a volta+rápida!

Como se diz na gíria – barba, cabelo e unhas!

Aires Azevedo foi segundo, enquanto António Garcia confirmou a boa estreia e adaptação, fechando o pódio.

 

Rui Almeida tinha acabado de assumir a liderança, mas na volta seguinte deitou tudo a perder

 

Diogo Gonçalves mostrou todas as credenciais que alcançou no kart federado

 

António Garcia teve uma boa estreia nos ASES

 

Apesar de duas ausências, Ruky Iceman já está no top five do troféu

 

João Moreira fintou o azar que o tem perseguido e venceu novamente

 

 

Mais fotos no FACEBOOK

 

<< Clique aquipara escrever aos ASES