por RUKYMAN

15 DE JUNHO 2008

Grande Prémio de Leiria I

58, BINGO!!!

João Moreira é o novo líder

 

A primeira visita 2008 ao kartódromo de Leiria proporcionou mais uma vez, uma jornada muito bem disputada, com três vencedores e alguns pilotos a mostrarem excelente andamento.

O campeonato está igual, ou seja, os pilotos da frente continuam a dividir "irmãmente" os pontos em disputa e por isso mesmo, a continuarem todos muito juntos.

Ainda assim, o Campeão U.M. Karting (e quase bicampeão), João Moreira é o novo líder, situação que alcança pela primeira vez desde que se estreou entre os Ases em Março de 2004.

A prova marcou a estreia de Nuno Gonçalves, que aproveitou para assistir à centésima corrida de Luís Cunha no grupo.

Sendo o troféu mais antigo, Luís Cunha é o quarto piloto a ultrapassar esta mítica marca depois de Rui Almeida, Mário Fernandes e Ruben Azevedo.

 

Pedro Vidinha fez uma prova extraordinária. Com sete pilotos no mesmo andamento, conseguiu chegar à liderança e depois conter todos os ataques que lhe foram movidos

 

A primeira corrida foi a mais disputada no que toca à vitória.

António Rosa começou muito bem, mostrando grande disposição para voltar à liderança do troféu e alcançou a pole precisamente no último momento, já que foi o último a receber a bandeira indicadora do final dos treinos.

A corrida foi toda ela dominada por Rosa, Rui Almeida e Pedro Vidinha que se entenderam relativamente bem ao longo da prova.

No entanto, com o final a aproximar-se as movimentações, os ataques e as defesas fizeram aumentar o grupo de três para sete e à entrada da última volta, Pedro Vidinha seguia na frente pressionado por Rui Almeida, António Rosa, João Moreira, David Gomes, Aires Azevedo e Reinaldo Fonseca.

As últimas curvas foram muito disputadas e com toque daqui, empurra dali, Pedro Vidinha conseguiu manter a liderança e vencer com inteira justiça, seguido de João Moreira e David Gomes.

 

Corrida I

 

 

Grelha de partida com António Rosa, Rui Almeida, Pedro Vidinha e Reinaldo Fonseca nas duas primeiras filas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entre a primeira e a segunda corrida, houve algumas esclarecimentos e a adrenalina acalmou um pouco para a corrida seguinte.

A liderança não teve história, já que Luís Vaz teve ao seu dispor um kart muito equilibrado e por isso mesmo não deu veleidades a ninguém liderando à vontade de princípio ao fim.

Já na luta pelo segundo lugar, houve animação.

João Moreira começou por tentar seguir Vaz e dessa forma distanciou-se dos seus perseguidores liderados por Hernani Leite.

Mas seria David Gomes a fazer uma prova extraordinária. Superou António Novo e logo depois Hernani Leite e daí para a frente foi recuperando em relação a João Moreira que viria a alcançar.

Os dois lutaram pelo segundo lugar e trocaram de posições. No final Moreira conseguiu recuperar a sua posição, conseguindo assim um bom conjunto de resultados.

Quem confirmou o bom andamento da primeira corrida foi Reinaldo Fonseca que após algumas ultrapassagens terminou em quinto lugar.

 

Corrida II

 

 

 

 

Luís Vaz adoptou um ritmo impressionante na segunda corrida e venceu isolado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por sua vez, João Moreira, o Campeão UM assumiu a liderança do troféu dos ASES com os dois segundos lugares

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para a última corrida, o capricho do sorteio entregou o kart da vitória de Vaz a Rui Almeida e este não se fez rogado.

Apesar das pressões externas que o "obrigavam" a vencer, Rui Almeida tal como Luís Vaz, liderou do princípio ao fim sem contestação.

Também Aires Azevedo que tinha sido segundo nos treinos, fez uma corrida solitária no segundo lugar.

Já para o último lugar do pódio houve luta. Luís Cunha que tinha sido quarto na segunda corrida, queria comemorar da melhor maneira o seu "centenário", mas Luís Vaz não pensou da mesma maneira e foi ele a fechar o pódio, apesar de muito pressionado por Cunha e por Pedro Vidinha.

Leiria apadrinhou a estreia de Nuno Gonçalves que sentiu algumas dificuldades, também condicionadas pelo seu peso. De qualquer maneira, esteve tranquilo em pista, não atrapalhou ninguém e os seus tempos foram progredindo ao longo das voltas.

 

Corrida III

 

 

Rui Almeida venceu facilmente a terceira corrida e não fosse a confusão da primeira corrida, estaria na frente do troféu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   Programa da prova

 

Comenta a prova noFORUMdos ASES!!

Os "Highlights" do 4º GP do Troféu Ases pelos Ares 2008:

  

  • João Moreira/Pedro Vidinha: Boas corridas, bons resultados e estão na frente do troféu
  • Reinaldo Fonseca: Boas corridas, bom andamento. Condução limpa e leal
  • Luís Cunha: 100 corridas em boa companhia.

  • Corridas e programa: Tal como em outras ocasiões, tudo correu bem. Karts simples e equilibrados. Organização rápida e eficaz

  • Nada a assinalar:

_________________________________________________________________________________________

 

...e as 100 corridas do Luís Cunha

 

Já não me lembro quando e muito menos o contexto, em que apelidei o Luís Cunha de "Velha Raposa", mas julgo que esteve relacionado com a astúcia com que ele conseguiu manter atrás de si um jovem e engalanado piloto, numa das muitas corridas que disputamos nesse Portugal estrangeiro.

Não há nada que me dê mais gozo do que estar no muro das boxes a assistir a esses momentos. É uma delícia!

Eu posso ter a alcunha de matreiro, mas o Luís não me fica nada atrás.

Ainda agora em Leiria, ele deu mais uma brilhante demonstração dessa capacidade de, sem prejudicar ninguém, só com as armas ao dispor, manter em sentido um comboio de pilotos atrás de si.

Mas o Luís é um exemplo para todos nós, não por isso, mas sim pela sua maneira de estar nas corridas.

Com a sua postura calma e muito discreta, nestes sete anos e meio de convívio, nunca o vi aborrecido com ninguém e muito menos por causa das corridas.

O seu comportamento em pista é dos mais leais que conheço.

Nos ASES, estreou-se em Fevereiro de 2001 e é um dos mais titulados, com as suas 11 vitórias, a última das quais ainda agora em Fátima.

Subiu ao pódio por 27 vezes e foi o mais rápido de todos em nove ocasiões.

Para além do seu palmarés no troféu da Universidade do Minho, consta ainda uma vitória muito saborosa por certo:

A vitória na grande final de uma Taça Inter-Troféus, a mais prestigiada prova do karting amador.

Espero ainda ter grandes momentos para recordar no karting, mas por todos aqueles que ele já me proporcionou, o meu muito obrigado!

 

_________________________________________________________________________________________

MOMENTOS DE LEIRIA!

André Abreu foi muito felicitado pelos seus feitos académicos...

 

Reinaldo Fonseca mostrou credenciais entrando na luta pela vitória numa das corridas...

 

Aires Azevedo finalmente aliou os resultados ao seu bom andamento. A má sorte já é coisa do passado...

 

David Gomes alcançou dois pódios nesta deslocação