por RUKYMAN

30 DE SETEMBRO 2007

Grande Prémio de Poiares

 

Ases dão grande espectáculo em Poiares

Três corridas, três vencedores

Luta pelo título em aberto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O troféu ASES PELOS ARES está ao rubro!

Ontem sábado, os ASES regressaram a uma pista que tinham visitado pela última vez em Outubro de 2000 - Poiares.

Quando visitei as suas instalações com o objectivo de incluir este kartódromo no calendário do Troféu, devo confessar que saí de lá com grandes expectativas. E de facto elas não saíram defraudadas.

Numa pista que já recebeu provas do calendário nacional, o grupo encontrou uma frota de karts de muito boa qualidade, uma organização prestável e estruturada quanto baste e um traçado muito entusiasmante que proporcionou três corridas fantásticas, três vencedores distintos e tudo disputado à milésima e ao milímetro!

O grande vencedor do dia foi o Campeão em título Luís Vaz que regressou às grandes exibições.

Fez uma pole, uma volta mais rápida e obteve uma vitória.

Juntando o segundo lugar na outra manga e os fracos resultados de Domingos Machado, Vaz alargou o grupo de pilotos que em princípio se perfilam para discutir o título de campeão.

De realçar que Vaz alcançou João Brito na tabela dos pilotos mais vitoriosos do troféu com 19 vitórias, transformando-se definitivamente no "papa recordes" dos ASES.

Não deixa de ser curioso verificar que o resultado em termos estritamente competitivos, foi o mais desejado, já que Vaz ganhou pontos a todos, Rui Almeida ganhou pontos aos dois primeiros e Pedro Vidinha ao líder do troféu.

Ainda assim, a outra grande figura do dia foi Carlos Dinis, um piloto já habituado ao Top Ten, mas que desta vez alcançou o seu primeiro pódio ao terminar em terceiro lugar numa das mangas e ao obter a volta mais rápida noutra (também uma estreia)!

Também em estreia no pódio, mas desta vez no lugar intermédio, foi António Novo que depois do azar de Oiã há um mês atrás, mostrou que os resultados não são obra do acaso.

O dia apresentou-se bastante ameaçador para os 25 pilotos presentes, mas felizmente tudo decorreu com piso seco, só começando a chover a caminho do tradicional repasto que se segue à prova.

Para a primeira manga, Rui Almeida foi o mais rápido à adaptação ao traçado e por isso partiu da primeira fila. No entanto, não foi muito lesto ao sinal verde e acabou engolido pelo pelotão.

Ainda assim fez boa recuperação que o colocou na liderança a meio da prova.

O pelotão que seguia compacto não o deixou fugir e a três voltas do fim viu-se relegado para o quarto lugar, superado por Aires Azevedo que venceu, segurando este António Novo (segundo) e Pedro Vidinha que tudo fizeram para o superar.

A segunda manga reunia cinco dos seis primeiros do troféu e por isso revestia-se de grande importância.

Luís Vaz foi o mais rápido nos treinos e liderou a prova do princípio ao fim. Ainda por cima beneficiou do segundo lugar alcançado pelo regressado João Araújo, que sem quaisquer pretensões ao título, maximizou o roubo de pontos aos adversários de Vaz.

Rui Almeida foi terceiro superando António Rosa, enquanto que Domingos Machado terminava em quinto com o kart vencedor da primeira manga.

A terceira e última manga assistiu a uma luta sem quartel entre o recém coroado Campeão da Universidade do Minho - João Moreira e Luís Vaz.

Vaz tudo tentou para superar Moreira, mas este nunca se desconcentrou e no final acabou mesmo por se destacar ligeiramente.

Não fosse a ausência forçada em duas provas (quatro corridas portanto) e provavelmente Moreira estaria na discussão do título. Ainda assim é o segundo mais vitorioso da época e acaba de atingir o terceiro lugar no ranking dos Ases.

O terceiro classificado foi um surpreendente e endiabrado Carlos Dinis. Depois de ter obtido a volta mais rápida na manga um, desta vez Dinis começou por obter o sétimo lugar nos treinos para depois ir superando os seus adversários até encostar em João Araújo e finalmente o ultrapassar a caminho do seu primeiro pódio.

Pedro Vidinha não conseguiu melhor que o sexto lugar, mas um lugar à frente de Domingos Machado definitivamente em mau dia.

Faltam agora duas provas - Leiria e Baltar, ou seja quatro corridas para cada piloto e o troféu vai entrar definitivamente na sua fase decisiva, já que os dez primeiros do campeonato  correrão sempre todos contra todos.

Domingos Machado ainda tem vantagem. É o mais vitorioso e tem oito pódios.

Matematicamente ainda há alguns candidatos, mas objectivamente só Vidinha, Almeida e Vaz é que parecem ter ainda boas possibilidades.

Resta-nos aguardar.

 

   Programa da prova

 

                                             

 

Treinos I  Corrida I

 

Treinos II  Corrida II

 

Treinos III  Corrida III

 

 

 

                      Classificação Actual

 

 

 

 

Carlos Dinis recebe a bandeirada pelo seu 3º lugar!

 

Comenta a prova noFORUMdos ASES!!

   Os "Highlights" do 6º GP do Troféu Ases pelos Ares 2007:

  

  • Luís Vaz: Quebrou o enguiço e... está na luta pelo título!
  • João Moreira: Que pena as duas ausências. Oito corridas, três vitórias.
  • Carlos Dinis: Primeiro pódio e primeira melhor volta
  • Kartódromo: Karts simples mas equilibrados. Organização eficiente e pista... muito boa
  • Título de Campeão: A luta está ao rubro!

  • Domingos Machado: ...marcou passo rumo ao título.

  • Nada a assinalar

_________________________________________________________________________________________

Dia de aniversário para Luís Gachineiro

 

João Moreira(9) segurou muito bem um renascido Luís Vaz(11)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Dinis (20) acaba de superar António Novo (encoberto)... e umas voltas depois supera João Araújo (2) rumo ao terceiro lugar

 

Num grupo cada vez mais homogéneo, Domingos Machado não conseguiu desta vez fazer a diferença

 

Luís Vaz saiu de Poiares com a motivação em alta

 

Demonstração de classe para o Campeão UM - João Moreira

 

Carlos Dinis vou baixinho...